A primeira noite de Abdelmassih na cadeira foi de isolamento

A penitenciária tem outros 454 detentos e é conhecida por abrigar presos de casos de repercussão nacional, como Alexandre Nardoni

São Paulo – A primeira noite de Roger Abdelmassih no Presídio de Tremembé, o P2, no Vale do Paraíba, foi tranquila. O ex-médico chegou ao presídio pouco antes das 19 horas de quarta-feira e está em uma cela isolada.

Segundo o funcionário José Augusto Salgado, Abdelmassih permaneceu calado desde que chegou ao local. A alimentação servida ao detento foi a mesma oferecida aos outros presos.

O ex-médico foi capturado no início da semana em Assunção, onde ficou três anos e meio para fugir da cadeia. Ele foi condenado a 278 anos de prisão por 48 estupros contra 37 vítimas.

O ex-médico passou por um exame psicológico. Ele só pode receber a visita do advogado, único autorizado a ter contato. O período de isolamento vai de 10 a 30 dias, dependendo da fase de adaptação e comportamento avaliados pela direção.

A penitenciária tem outros 454 detentos e é conhecida por abrigar presos de casos de repercussão nacional, como Alexandre Nardoni.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.