Veja como foi o dia de expectativa pela prisão de Lula

Lula segue desde ontem no Sindicato dos Metalúrgicos; o ex-presidente foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão

São Paulo — Um decreto do juiz Sérgio Moro determinou, na tarde da última quinta-feira (05), a prisão do ex-presidente Lula. O petista tinha até às 17h de hoje para se apresentar à Polícia Federal em Curitiba, mas não cumpriu o prazo para se entregar.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. O decreto de Moro ressalta que a prisão deveria ser feita sem algemas e que Lula deverá ficar numa cela especial em função da “dignidade do cargo que ocupou”.

Lula segue desde ontem no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. 

 

 


23: 17 – Encerramos aqui nossa cobertura ao vivo.


23:10 — MST faz manifestação em frente à Rede Globo em Brasília

Segundo postagem realizada nas redes sociais do movimento, cerca de 5 mil pessoas integram a manifestação contra a empresa de comunicação e para mostrar apoio ao ex-presidente Lula, que está há mais de 24 horas dentro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista, em São Bernardo do Campo.


22:40 — Fachin será relator de liminar que tenta suspender prisão de Lula

Mais uma derrota para o Lula. A presidente do STF, Cármen Lúcia,  decidiu na noite desta sexta-feira manter o ministro Edson Fachin como relator da liminar apresentada mais cedo pela defesa do ex-presidente.


22:16 — Lula deve dormir no sindicato pela segunda noite

O ex-presidente deve dormir mais uma noite na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde desde ontem centenas de pessoas se aglomeram em apoio a ele. Ele também dormiu ontem no local.


22:09 — Ato em Brasília segue rumo à rede Globo


22:00 – Ato em apoio a Lula no Sindicato dos Metalúrgicos começa a esvaziar

O ato em apoio a Lula, ao redor e dentro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, começa a esvaziar. O caminhão de som, que vinha sendo usado para discursos de aliados, foi desligado. Pouco a pouco os apoiadores do petista têm ido embora.


21:37 — O dia de expectativa pela prisão de Lula em fotos

No dia marcado para Lula se entregar para ser preso, o país ficou atento à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), de onde o ex-presidente não arredou o pé desde a noite de quinta-feira (5), quando o juiz Sérgio Moro ordenou sua detenção. Pelo país, manifestantes saíram às ruas em favor do petista. Veja imagens.

Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Sindicado dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Sindicado dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo

Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Sindicado dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (Leonardo Benassatto/Reuters)


21: 06 — Mais de 50 cidades têm atos a favor do ex-presidente Lula

O maior ato ocorre na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, para onde Lula se dirigiu após a ordem de prisão e onde passou o dia. A Região Nordeste concentrou o maior número de protestos.

Manifestante contra a prisão de Lula Manifestante contra a prisão de Lula

Manifestante contra a prisão de Lula (Paulo Whitaker/Reuters)

 

 

20:59 — PF de SP afirma que não cumprirá mandado de prisão de Lula hoje

A Polícia Federal em São Paulo informou na noite desta sexta-feira que não cumprirá mandado de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva hoje.


20:51: Lula aparece em vídeo acenando para manifestantes 

Ao lado da pré-candidata à Presidência pelo PCdoB, Manuela d’Ávila, Lula foi filmado acenando para apoiadores da janela do Sindicato dos Metalúrgicos, no ABC paulista.  É possível ouvir pessoas gritando: “Lula guerreiro do povo brasileiro”.

 


20:45 — Gleisi Hoffmann diz que mídia está equivocada em afirmar que Lula vai se entregar

A presidente nacional do PT negou em sua conta no Twitter que Lula tenha negociado sua rendição com a polícia. Mais cedo, os advogados do ex-presidente informaram à cúpula da Segurança Pública que o petista pretende se entregar em São Paulo, após a missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia marcada para amanhã. As informações foram dadas por fontes que acompanham de perto as negociações.


20:40 — Mídia internacional destaca decisão de Lula de descumprir prazo de Moro

Os principais veículos de imprensa do mundo destacam em suas páginas na internet a decisão de Lula de descumprir o prazo para uma apresentação voluntária à Polícia Federal. Segundo o New York Times, principal jornal dos Estados Unidos, a decisão do petista pode ser o prenúncio de uma “disputa dramática” com autoridades de segurança. Veja o que dizem outros veículos.


19:52 — Lula pode se entregar amanhã em SP após missa para Marisa

Os advogados de Lula informaram à cúpula da Segurança Pública que o petista pretende se entregar em São Paulo, após a missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia marcada para amanhã. Ela faria 68 anos nesta data.

As negociações para a entrega de Lula à Polícia Federal ainda não se encerraram.


19:48 — Defesa de Lula pede ao STF para suspender ordem de prisão emitida por Moro

A defesa de Lula apresentou uma reclamação ao STF para que a corte conceda uma liminar para suspender a ordem de prisão decretada por Moro.

A ação contesta o fato de não ter encerrada a possibilidade de se apresentar novos recursos nesse processo para o TRF-4 e que. Também questiona que o que aconteceu afronta a uma decisão do plenário do STF de que a execução provisória da pena em segunda instância não é automática e ainda precisa ser fundamentada.


19:38 — Movimentação no Sindicato diminui

A movimentação no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo já diminuiu. Políticos que se revezavam para falar no carro de som já foram embora.


19:04 — PF e Lula negociam termos de rendição

Dois emissários de Lula negociam com a Polícia Federal os termos de rendição para que o petista seja preso. Ainda não há uma decisão sobre como será o procedimento a ser adotado.

O canal de comunicação entre a defesa de Lula e a PF foi aberto no final da tarde de ontem. Pela PF, quem negocia é o delegado Igor Romário de Paulo, chefe da Lava Jato em Curitiba.

A PF não realiza prisão após as 18h, mas policiais disseram que caso o ex-presidente resolva se entregar é possível recebê-lo em São Paulo para depois fazer sua remoção para Curitiba.


18:52 — PT diz que Lula pode participar da missa em homenagem à Marisa amanhã 

A direção nacional do PT informou que amanhã, às 9h30, será realizada uma missa em homenagem a Marisa Letícia Lula da Silva, que completaria 67 anos. Se não for preso até lá, a missa no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, deve contar com a participação do ex-presidente. 


18:28 — Assessoria de Moro diz que Lula não descumpriu decisão judicial

A assessoria do juiz Sérgio Moro disse que Lula “não descumpriu ordem judicial” ao não se entregar à Polícia Federal até as 17h.

O período concedido por Moro era um “prazo de oportunidade” em virtude do cargo ocupado pelo petista. Cabe agora à PF as tratativas de cumprimento da ordem, reforçou a assessoria.

18:18 — Lula ainda não se pronunciou, mas aparece novamente na janela do Sindicato

Lula na janela do Sindicato dos metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, dia 06/05/2018 Lula na janela do Sindicato dos metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, dia 06/05/2018

Lula na janela do Sindicato dos metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, dia 06/05/2018 (Facebook/Reprodução)

18:05 — #LulaForagido chega aos assuntos mais comentados no Twitter

Uma hora depois de terminar o prazo para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se apresentasse por conta própria à Polícia Federal, a hashtag #LulaForagido já é um dos assunto mais comentados no Twitter.


17:47 — “Quem descumpriu a lei foi quem condenou sem prova”, diz líder do MTST


17:42 — Gleisi Hoffmann diz que Lula continuará no Sindicato

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), acaba de confirmar que Lula continuará no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. 

“Ele não descumpriu o prazo. Não se entregar era uma opção dele”, disse. A presidente do PT disse que amanhã haverá uma missa em homenagem ao aniversário da Dona Marisa, às 9h30, na sede do Sindicato.

https://platform.twitter.com/widgets.js


17:30 — Prédio da PF em Curitiba tem atirador de elite e rojões de manifestantes

Com segurança reforçada, a superintendência da Polícia Federal em Curitiba tem um atirador de elite no topo de seu prédio. Ele fez parte de um esquema que envolve 300 agentes de segurança, preparados para a chegada de Lula. 

Parte do grupo dos manifestantes favoráveis à prisão de Lula soltou rojões e grita palavras de ordem contra o petista. 

“Só saímos daqui quando o ladrão chegar”, dizem manifestantes.

Um atirador é visto por trás de uma boneca representando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede da Polícia Federal, onde Lula foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção, em Curitiba, Brasil, 6 de abril de 2018

Um atirador é visto por trás de uma boneca representando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede da Polícia Federal, onde Lula foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção, em Curitiba, Brasil, 6 de abril de 2018 (Ricardo Moraes/Reuters)


17:04 — “Não tem arrego”, comemoram manifestantes no Sindicato

Manifestantes no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, fizeram contagem regressiva para às 17h e agora comemoram que Lula não cumpriu o prazo para se entregar à Polícia Federal. “Não tem arrego”, gritam. 


17:00 — Lula não cumpre o prazo para se entregar à Polícia Federal

O petista tinha até às 17h de hoje para se apresentar à Polícia Federal em Curitiba, mas ainda está no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. 

De acordo com o delegado da PF Igor Romário de Paula, não está descartado o prosseguimento da negociação mesmo após o fim do prazo estabelecido pela Justiça. O delegado disse que a intenção é evitar confrontos e que é remota a chance de a PF entrar no sindicato para prender o ex-presidente.


16:50 — Lula ainda está no Sindicato e não vai cumprir o prazo para se entregar

Lula ainda está no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. Portanto, não vai cumprir o prazo determinado por Moro para se entregar voluntariamente à sede da Polícia Federal em Curitiba.


16:40 — “Está sendo tramada uma enorme injustiça contra Lula”, diz Luiza Erundina

A deputada Luiza Erundina (PSOL) defendeu Lula em São Bernardo do Campo. “Enquanto alguns estão soltos por aí, sobretudo, por exemplo, as figuras do PSDB, Lula sofre um processo absolutamente precipitado”, disse a ex-prefeita de São Paulo pelo PT.

https://platform.twitter.com/widgets.js


16:26 — Se resistir, Lula pode ser algemado, dizem juristas

Lula permanece na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, e resta pouco para as 17h, prazo estipulado pelo juiz federal Sérgio Moro determinou para que se entregue voluntariamente à sede da Polícia Federal em Curitiba.

Caso resista, juristas afirmam que algemas poderão ser usadas no ato da prisão. O magistrado chegou, por meio de decisão, a barrar a possibilidade “em qualquer hipótese”.


16:18 – STJ nega habeas corpus para livrar Lula da prisão

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) negou o habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta sexta-feira (6). As informações são da assessoria de imprensa do STJ.

Os advogados de Lula apresentaram o pedido para evitar que ele seja preso nesta sexta-feira, como determinou o juiz federal Sérgio Moro.

A defesa argumenta que ainda existem recursos a serem apresentados junto ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e que, por isso, Moro não poderia determinar o início do cumprimento da pena.

Veja também

16:15 — PF evita falar em cenário caso Lula não se entregue até 17h

Integrantes da Polícia Federal em Curitiba evitam comentar medidas a serem tomadas caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não se entregue até as 17 horas, prazo final estabelecido pelo juiz Sérgio Moro.

Assessores da PF dizem que, se Lula não se entregar, ele já poderá ser preso imediatamente, sem a necessidade de outro mandado ou medida judicial.

O delegado Igor Romário de Paula afirmou a jornalistas que Lula pode se apresentar em qualquer sede da PF, como São Paulo.


16:06 — Palestinos e judeus no carro de som se pronunciam a favor de Lula

No Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP), palestinos e judeus se pronunciam no carro de som a favor de Lula. Um rabino fala atrás de uma bandeira da Palestina.


16:00 — MBL pede que seus seguidores não comemorem prisão de Lula

O Movimento Brasil Livre (MBL) abandonou os planos de ir ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, para celebrar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta tarde, em evento batizado de “Carnalula”. Em comunicado divulgado em suas redes sociais, o MBL solicita, ainda, que seus seguidores evitem a área.

“(…) pedimos que nossos apoiadores também evitem a região devido à mobilização local de grupos e entidades sindicais ligadas ao Partido dos Trabalhadores, que devem provocar confrontos violentos a fim de desrespeitar a lei e a ordem democrática”, diz a postagem da organização.


15:49 — Lula deve fazer pronunciamento em breve

No Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP), a expectativa é que Lula desça em breve pra fazer um pronunciamento no carro de som. O Sindicato estima que há 5 mil pessoas no protesto.


15:45 — Apoiadores de Lula resistem com cerveja, churrasco e protesto

Muitos dos que se aglomeram ao redor do prédio do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP), estão devastados. As pessoas são, em sua maioria, as que estiveram com ele durante sua carreira política, não a classe média alta e a elite econômica que o ajudaram a se eleger há mais de 15 anos.

Alguns que estiveram lá desde a notícia no mandado de prisão trouxeram barracas. Os vendedores de cerveja e sorvete proliferam em meio a um sol escaldante.

Helicópteros de emissoras de TV locais, que circulavam o prédio desde a noite anterior, mostraram caixas de cerveja e carvão sendo descarregadas de caminhões.

Veja também

15:32 — Editora libera de graça e-book do livro de Lula

A editora Boitempo acaba de liberar de graça o e-book do livro do Lula nas principais livrarias do país, até a próxima sexta-feira (13). O livro físico está à venda por 35 reais. Lançado há menos de um mês, “A verdade vencerá: o povo sabe por que me condenam” está na lista de mais vendidos da revista Veja. 

No livro, o ex-presidente analisa os bastidores políticos dos últimos anos e o que levou o PT a perder o poder após a reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff. Lula também fala sobre as eleições de 2018 e suas perspectivas para o País.

Livro de Lula "A verdade vencerá"

 (Editora Boitempo/Divulgação)


15:13 — Manifestantes fazem instalação em rua lateral do Sindicato

Em uma rua lateral ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP),  local onde Lula se reúne com aliados desde a noite de ontem, manifestantes fizeram uma instalação. As letras dizem “Lula livre”.

Protesto pró Lula em São Bernardo do Campo. 06/05/2017

 (Luiza Calegari/Site EXAME)


15:05 — #OcupaSaoBernardo é o quinto tópico mais comentado do Twitter mundial

A hasthag #OcupaSaoBernardo é a quinta dos trending topics do Twitter no mundo. São 30,7 mil tweets até o momento.


14:49 — Em São Bernardo, Suplicy fala da renda básica cidadã, um tema caro ao vereador

Em São Bernardo do Campo (SP), o vereador Eduardo Suplicy fala da renda básica cidadã, um tema caro ao vereador. A lei de autoria do ex-senador foi aprovada em 2004, mas nunca foi regulamentada.

Suplicy também diz que Lula vai fazer o que os advogados recomendarem. “Precisamos de muita serenidade. Lula certamente vai tomar a decisão mais sábia com os advogados.”

O político também lembra os feitos positivos do governo Lula, como a redução da pobreza, a política de cotas raciais nas universidades e o programa Bolsa Família. “Muito obrigado por ter nos ensinado a fazer do Brasil uma nação fraterna, justa e solidária”, diz.


14:10 — Caminhão-pipa chega para abastecer prédio do Sindicato

O prédio do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP),  local onde Lula se reúne com aliados desde a noite de ontem, estava sem água desde cedo.

Lula está em uma sala no segundo andar. Há pouco, apareceu na janela e acenou para manifestantes.

 (Luiza Calegari/Site EXAME)

 


13:57 — Ex-presidente acena para os manifestantes da janela

Lula está no segundo andar do Sindicato dos Metalúrgicos desde a noite de ontem, acompanhado de seus aliados. Há pouco, ele apareceu na janela e acenou para os manifestantes.


13:51 — Lula deve falar às 16h

O presidente estadual do PT, Luiz Marinho, disse à Folha de S. Paulo que Lula fará um pronunciamento às 16h, uma hora antes do prazo dado pelo juiz Sérgio Moro para ele se apresentar na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Manifestantes em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo, em apoio ao ex-presidente Lula Manifestantes em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo, em apoio ao ex-presidente Lula

Manifestantes em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo, em apoio ao ex-presidente Lula (Leonardo Benassatto/Reuters)

 


13:40 — Entidades de comunicação repudiam agressões a jornalistas

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER), a Associação Nacional de Jornais (ANJ)  e a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) emitiram notas de repúdio às agressões contra jornalistas que trabalham na cobertura dos eventos relacionados ao decreto da prisão de Lula.

A violência contra profissionais da imprensa é inaceitável em qualquer contexto. Impedir jornalistas de exercer seu ofício é atentar contra a democracia. Os autores devem ser identificados e punidos pelas autoridades”, disse a Abraji em nota.

Ontem, segundo a Abraji,  “pelo menos 30 manifestantes avançaram sobre um carro do Correio Braziliense, dentro do qual estavam uma repórter, uma fotógrafa e o motorista, e quebraram um dos vidros do veículo”. Além da agressão física, os manifestantes também gritaram ofensas à imprensa e ao jornal.

Nesta sexta-feira, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, jornalistas do SBT foram hostilizados com gritos de “Fora” e “Silvio é golpista” (veja o vídeo), uma menção a Silvio Santos, dono da emissora.


13:11 — Manifestante do MST é atingida por tiro durante bloqueio de rodovia

Segundo informações, um homem não identificado furou o protesto na BR 101 (PB) e atirou com arma de fogo em Lindinalva Pereira de Lima Filha.

Os bloqueios estão sendo realizados como forma de protesto contra a ordem de prisão do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.


13:05 — PF já trabalha com a possibilidade de Lula não se entregar

A Polícia Federal está em “contato permanente” com a cúpula da Secretaria da Segurança Pública do Paraná, acompanhando a possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegar a Curitiba, para se entregar ou até mesmo ser preso após o prazo determinado pelo juiz Sérgio Moro, às 17h, segundo a assessoria da pasta estadual.


12:56 — “Se a Polícia Federal chegar aqui hoje, quem estará chegando é o DOPS”

Em ato no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, manifestantes comparam a decisão do juiz federal Sérgio Moro à primeira prisão de Lula durante a ditadura.


12:54 — Prisão de Lula é vergonhosa perseguição judicial, diz partido da Espanha

Para o Podemos, o objetivo do encarceramento é evitar a participação do petista nas eleições deste ano. O processo contra Lula vem de longe e em todas as suas fases se baseou em irregularidades. A própria sentença de Moro no começo do processo, baseada em delações premiadas e sem provas materiais, mostrou uma intenção de condenação extrajudicial”, disse o partido em nota publicada em seu site.


12:50 — Defesa de Lula recorre a Direitos Humanos da ONU

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com um pedido de liminar no Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, com sede em Genebra, no qual pede que o órgão solicite ao governo brasileiro que impeça a prisão dele até que se esgotem os recursos contra sua condenação em todas as instâncias da Justiça. Veja mais. 


12:44 — Habeas corpus negado foi acionado por advogado autônomo

O advogado Cristiano Zanin negou nesta sexta-feira que o habeas corpus rejeitado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) seja o impetrado nesta sexta-feira pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com Zanin, o HC negado nesta manhã foi outro, impetrado por um advogado autônomo, sem relação com a defesa do ex-presidente.


12:32 — Do lado de fora, carro de som e “Fora Alckmin”

Manifestantes participam de ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em fala das lideranças do Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo, o alvo é o governador Geraldo Alckmin, que pode concorrer às próximas eleições.

 (Luiza Calegari/Site EXAME)



12:30 — Democracia Corinthiana e Central de Movimentos Populares participam do ato

Movimentos Sociais se reúnem em dia de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 (Luiza Calegari/Site EXAME)


12:27 — Na sede do sindicato, muita fila e pouca água

O prédio do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP),  local onde Lula se reúne com aliados desde a noite de ontem, está sem água. Um caminhão-pipa deve chegar em breve para abastecer o local.

Lula está em uma sala no segundo andar. Do lado de fora, militantes fazem fila na expectativa de falar com o ex-presidente.

 (Luiza Calegari/Site EXAME)


12:18 — Assessoria de STJ diz que decisão sobre habeas corpus ainda não foi tomada

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) informou que a decisão sobre o habeas corpus, que pode evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ainda não foi tomada.

Mais cedo, a Globo News noticiou que o habeas corpus da defesa de Lula teria sido negado. A informação, segundo a emissora, foi passada pelo advogado de Lula, Sepúlveda Pertence.


12:07 — Para Financial Times, prisão é queda “triste e vergonhosa” de Lula

Um dos editoriais desta sexta-feira do jornal britânico Financial Times diz que a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será a “triste e vergonhosa queda de um político notável”. Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro e deve ser preso nas próximas horas.


11:49 — STJ nega novo habeas corpus de Lula

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) negou novo habeas corpus ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo a Globo News. A informação foi passada pelo advogado de Lula, Sepúlveda Pertence.

A assessoria de imprensa do STJ não confirmou a informação.

Os advogados de Lula apresentaram o pedido para evitar que ele seja preso nesta sexta-feira, como determinou o juiz federal Sérgio Moro.


11:45 —  Prisão não impacta na Bolsa por já ser esperada pelos investidores

Os temores com a possível guerra comercial entre os dois países pesou mais no mercado do que o mandado de prisão emitido pelo juiz federal ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


11:39 — O que acontece se Lula não se entregar à Polícia Federal em Curitiba

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, disse hoje que não deve se apresentar voluntariamente à sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, como exige o despacho do juiz federal Sérgio Moro que determinou a prisão do petista. Veja o que deve acontecer. 


11:27 — Lula fará pronunciamento por volta do meio-dia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará um pronunciamento a aliados e simpatizantes que estão na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, por volta do meio-dia, disseram duas fontes ligadas ao PT à agência Reuters.


11:25 — Manifestante atropelado em confusão sofreu traumatismo craniano

homem que se envolveu em uma confusão em frente ao Instituto Lula, na noite desta quinta-feira, 5, sofreu traumatismo craniano e está internado. As informações são do boletim médico do Hospital São Camilo, localizado em frente ao escritório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – e onde o manifestante foi hospitalizado. Veja mais. 


11:15 — Mundo inteiro abraça Lula, diz Maduro

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, afirmou que “o mundo inteiro” abraça Lula e que a “injustiça dói na alma”. Veja a manifestação dele e de outros líderes políticos e chefes de Estado da América do Sul sobre a prisão do ex-presidente Lula. 


11:10 — Com Lula fora da eleição, para quem vão seus votos?

Depois da rejeição do Supremo Tribunal Federal (STF) ao pedido de habeas corpus e do mandado de prisão expedido por Sérgio Moro, a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições se complicou. Veja o que muda no cenário eleitoral sem ele. 


10:30 — Defesa de Lula vai a ONU contra prisão, diz colunista

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo, os advogados de Lula apresentaram um pedido de medida cautelar à ONU (Organização das Nações Unidas) denunciando o que definem como “prisão arbitrária” do petista.


10:07 — Sindicato dos Metalúrgicos compara decisão do STF à assinatura do AI-5

De volta às trevas” é o título do editorial que dá a manchete ao tabloide Tribuna Metalúrgica, que o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC distribui na entrada da entidade, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a noite, nesta manhã de sexta-feira, 6.

O texto, cujo subtítulo diz que “maioria do STF reedita o AI-5 (Ato Institucional número 5) e restringe garantias individuais”, em referência a 13 de dezembro de 1968, quando o General Artur da Costa e Silva assinou o Ato – agora comparando com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de negar habeas corpus preventivo ao ex-presidente, na quarta-feira, dia 4. Veja a matéria completa.


09h54 — Fonte do PT diz à Reuters que Lula não se entregará 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu que não se entregará às autoridades depois de o juiz Sérgio Moro determinar sua prisão no caso do tríplex no Guarujá e dar prazo até as 17h desta sexta-feira para ele se apresentar, disse à Reuters uma fonte ligada ao PT.


09h45 — Assessoria de imprensa de Lula diz que ex-presidente não irá a Curitiba

À EXAME, assessoria de imprensa do ex-presidente disse que definição oficial é que Lula não irá para Curitiba e que deve aguardar o resultado do pedido de habeas corpus, protocolado pela defesa no Superior Tribunal de Justiça (STJ).


09h30 — E se ele não se entregar?

Segundo o jornalista Ricardo Noblat, de VEJA, se Lula preferir não se entregar, “será preso por um grupo volumoso de agentes que já está em São Bernardo”.

Em sua coluna, Noblat diz que “tropas militares da região foram postas de sobreaviso” e que “agentes disfarçados seguiram todos os seus passos do momento em que ele encerrou o expediente no Instituto Lula, na capital paulista, e seguiu para a sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo”.


09:21 — Para defesa de ex-presidente, pedido de prisão é o mais arbitrário do século

O criminalista José Roberto Batochio, defensor do ex-presidente, afirmou ontem que o pedido de prisão do petista decretado pelo juiz Sérgio Moro representa um “açodamento” e que é “a mais rematada expressão do arbítrio no século 21”.

Em nota, o advogado Cristiano Zanin Martins, outro defensor do ex-presidente, disse que o mandado de prisão contraria decisão do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4).


09: 15 — A cela de Lula

 O ex-presidente Lula terá uma cela isolada no prédio da Polícia Federal (PF) em Curitiba, caso seja de fato preso. A cela fica na cobertura do prédio da PF no bairro Jardim Santa Cândida, de acordo com o Estadão. O espaço, que não era originalmente uma cela, foi reformado para abrigar o ex-presidente quando ele for preso no prédio.


09:05 — Lula diz à Folha que não vai para Curitiba

De acordo com o jornalista Ricardo Kotscho, da Folha de S. Paulo, o ex-presidente decidiu nesta manhã não ir a Curitiba para se entregar a Polícia Federal. 

Não fica claro, no entanto, se isso significa que ele não irá se entregar.

A defesa de Lula entrou com um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ontem, Lula disse a aliados que irá esperar o resultado do recurso para decidir o que fazer.


08: 50 Haddad e Boulos visitam Lula

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, passou pela sede do Sindicato dos Metalúrgicos para conversar com Lula.

Quem também marcou presença na sede do sindicato nesta manhã foi Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). 


08h45 Lula descansou entre 2h30 e 7h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva descansou entre 2h30 e 7h desta sexta-feira sozinho, em uma das salas da sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. 

 Por volta das 8h, Lula tomava seu café da manhã em local privado, no segundo andar do prédio. Segundo a assessoria do ex-presidente, ele “acordou bem” e, ao longo da manhã, vai retomar a agenda de receber visitantes


08:40 — Movimento Brasil Livre organiza comemoração

O Movimento Brasil Livre (MBL) organizou uma comemoração da prisão de Lula na capital paulista. “Vamos comemorar a prisão do maior ladrão da história do Brasil”, diz o convite do evento em uma rede social. A movimentação deve acontecer hoje, a partir das 18h, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (MASP).


08:30 — MST protesta contra prisão de Lula no Paraná

Entidade se movimenta contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, decretada ontem pelo juiz federal Sérgio Moro. Em publicação no Facebook, MST diz que o Paraná “amanhece com rodovias trancadas”.  Os bloqueios mais recentes ocorreram em Quedas do Iguaçu e Rio Bonito do Iguaçu.

Mais cedo, já tinham sido confirmados bloqueios em Mato Grosso, Bahia, Pernambuco e Espírito Santo. Segundo o coordenador do movimento Alexandre Conceição, a ideia é bloquear 50 BRs em 24 estados.

Membros do MST protestam no Paraná contra decreto de prisão de Lula Membros do MST protestam no Paraná contra decreto de prisão de Lula

Membros do MST protestam no Paraná contra decreto de prisão de Lula (MST/Facebook/Divulgação)


08:25 — PT quer foto de Lula preso, cercado por militantes

Ainda não é clara a maneira como Lula irá se entregar nesta sexta-feira à Polícia Federal. Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o PT quer garantir que a militância escolte Lula. Um integrante do partido disse à coluna que se a foto do encarceramento era importante para a Lava Jato, agora é ela imprescindível para o PT. 


08:10 — Lula decide nas próximas horas se irá se entregar ou esperar a prisão em São Paulo

O ex-presidente ainda não sabe como cumprirá a ordem de prisão determinada ontem pelo juiz federal Sérgio Moro. Segundo reportagem do jornal O Globo, um grupo de petistas quer que ele não se entregue e espere a Polícia Federal na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, local onde Lula passou a noite. Já os advogados defendem que ele se apresente de forma voluntária à PF.

Ele não discursou no carro de som durante o ato da noite de quinta, apenas acenou por volta das 2h desta sexta e desceu para cumprimentar alguns aliados.

A ex-presidente Dilma Rousseff, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e os candidatos à Presidência Guilherme Boulos (PSOL) e Manuela D’Ávila (PC do B) estiveram presentes ontem à noite no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em apoio ao petista. Moradores de ocupação do MTST em São Bernardo também fizeram caminhada até o local.


07:50 — MST começa a bloquear estradas em protesto contra prisão de Lula

Nas primeiras horas desta sexta-feira, 6, fechamento de rodovias no Mato Grosso, Bahia, Pernambuco e Espírito Santo já estava em andamento.


07:44 — Entenda o caso triplex, que levou à condenação de Lula

Em janeiro deste ano, Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por receber propina da empreiteira OAS. Veja todos os fatos relacionados ao caso em uma linha do tempo.


07:35 — Ex-presidente entra com novo habeas corpus para evitar prisão

A defesa do ex-presidente Lula entrou com um habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar impedir a prisão do petista, que pode acontecer ainda hoje. A informação foi dada em primeira mão na coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a coluna, o argumento que será utilizado pelos advogados é que o TRF-4 antecipou a execução da pena ao determiná-la antes mesmo da publicação do acórdão do julgamento dos embargos de declaração apresentados por eles.


07:30 — Lula passa a noite no Sindicato dos Metalúrgicos

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a noite no Sindicato dos Metalúrgicos no ABC. Desde a noite de ontem, apoiadores do petista fazem uma vigília no local. Lula ainda não fez qualquer pronunciamento público desde que a prisão foi decretada, no fim da tarde da quinta-feira.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. judson benedito brisolla franchi

    As últimas fotos desse lula, de fanfarrão para acuado de si próprio, bem relembram o final de ghadafi, hussein, hitler, todos minúsculos de tudo.
    Final patético.

    Tchau.

  2. Eu não quero saber de nada, ladrão tem que ir para a cadeia, eu estou falando para todos os corruptos nessa lista entra Lula, FHC, Temer, Aecio, Serra, Geraldo Alckmin, sarnei e todos os corruptos que acabaram com meu país.
    Graças a Deus Que hoje temos a internet como meio de divulgação

  3. Marcos Eduardo

    Isso é uma vergonha.

  4. João Bernardo Villas I

    Esse país é do jeito que é pois tem muitos por ai que acreditam nisso tudo. Que a justiça brasileira depois de séculos virou coisa séria. Que os políticos vão fazer algo que presta por conta de operação da polícia. Que a imprensa brasileira é séria e que o mundo admira o País. Acredulidade até o próximo episódio chega a ser engraçada.

  5. João Bernardo Villas I

    Coisa mais patética essas manifestações dos 2 lados…..

  6. João Bernardo Villas I

    Vai fazer enorme diferença na vida dos brasileiros a prisão desse senhor. A partir dela, nenhum político irá mais roubar e o país jeca, pobre e subdesenvolvido entrará para o mundo desenvolvido. Até papai noel e coelhinho da pascoa vão virar verdades.