Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Veneza registra maré recorde; 39% desaprovam, 35% aprovam Bolsonaro; Evo disposto a volta

Prefeito de SP deve ter alta na quinta-feira

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), terminou na tarde desta quarta-feira 13 a segunda sessão de quimioterapia que está fazendo para combater um câncer metastático que atinge seu sistema digestivo. Ele deve passar por nova avaliação médica e, se tudo seguir como os médicos preveem, sua alta deve ser anunciada nesta quinta-feira. A equipe médica deve dar uma entrevista coletiva às 13 horas no Hospital Sírio-Libanês, onde o prefeito está internado desde o dia 23 de outubro. O prefeito segue despachando de seu quarto na enfermaria, e nesta quarta enviou um vídeo para jornalistas com um balanço de ações adotadas para a manutenção de viadutos, um programa que teve início em 15 de novembro do ano passado, quando o viaduto da Marginal do Pinheiros desabou, interditando parte da via até abril deste ano. Covas manteve as agendas com os secretários e sua equipe manteve as articulações políticas para a reeleição.

Negros são maioria entre desempregados

Pretos e pardos que compõem a população negra do país são maioria entre trabalhadores desocupados (64,2%) ou subutilizados (66,1%), segundo informativo Desigualdades Sociais por Cor ou Raça no Brasil, divulgado nesta quarta-feira 13 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento apresentado no mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra reúne dados de diversas pesquisas, como a Síntese dos Indicadores Sociais, o Censo e, principalmente, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio – Contínua (Pnad Contínua) de 2018. Atualmente, os negros representam 55,8% da população brasileira e 54,9% da força de trabalho. A informalidade também atinge mais esse contingente. Enquanto 34,6% de pessoas brancas se encontram em condições informais de trabalho, a informalidade atinge 47,3% de pretos e pardos.

39% desaprovam, 35% aprovam

A aprovação do governo Bolsonaro se manteve praticamente estável no mês de novembro, de acordo com uma nova pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta quarta-feira 13. A avaliação de ruim/péssimo foi de 38% em outubro para 39% atualmente, enquanto a de bom/ótimo foi de 33% para 35% e a taxa de visão regular foi de 27% para 25%. Todas as movimentações estão dentro da margem de erro de 3,2 pontos percentuais. A pesquisa ouviu 1.000 pessoas entre os dias 06 e 08 de novembro por meio de ligações telefônicas. A expectativa para o restante do mandato também ficou praticamente estabilizada com 46% de ótimo/bom, 32% de ruim/péssimo e 18% de regular.

Bombardeio israelense mata 24 palestinos

Ao menos 24 pessoas morreram em bombardeios israelenses contra a Faixa de Gaza. A ofensiva tinha como alvo o líder do movimento palestino Jihad Islâmica, Baha Abu Atta, e sua esposa. Como represália, militantes do grupo dispararam foguetes contra o território israelense. Até o momento, foram disparados mais de 250 foguetes de Gaza em direção ao território israelense, sem provocar vítimas. De acordo com o Exército de Israel, 90% dos projéteis foram interceptados por seu sistema de defesa. Entre os palestinos mortos estão Baha Abu Atta, sua mulher e outros terroristas. Segundo o Ministério da Saúde de Gaza, há vítimas civis, incluindo pelo menos três crianças.

Veneza registra maré recorde

A cidade italiana de Veneza registrou uma histórica maré alta com um picos que podem atingir ou superar 1,90 metro, segundo o Centro de Marés do destino turístico italiano. “Enfrentamos uma maré mais que excepcional. Todos estão mobilizados para manejar a emergência”, tuitou o prefeito da cidade, Luigi Brugnaro. “Amanhã pediremos o estado de catástrofe natural porque os custos (os danos) serão provavelmente significativos e se espera que o nível da água continue subindo”, acrescentou Brugnaro. Para proteger Veneza das marés, que afetam cada vez mais seu patrimônio artístico, em 2003 foi iniciada a construção de 78 diques flutuantes.

Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida

A embaixada da Venezuela em Brasília foi invadida nesta terça-feira por um grupo de representantes de Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino do país sul-americano. Segundo a Polícia Militar, os venezuelanos tentaram expulsar alguns funcionários do corpo diplomático que resistiram à invasão. De acordo com a equipe de Guaidó, alguns funcionários da embaixada permitiram o acesso ao local. A embaixadora Maria Teresa Belandria não está no país. Segundo comunicado dela, um grupo de funcionários decidiu abrir as portas e entregar as chaves da embaixada voluntariamente, bem como reconhecer Guaidó como legítimo presidente. Houve um princípio de confusão e a polícia militar foi acionado.

Evo disposto a voltar

O ex-presidente boliviano Evo Morales disse nesta quarta-feira (13) no México, onde está na qualidade de asilado, que voltaria para “pacificar” seu país se os bolivianos pedissem, após semanas de protestos violentos que levaram à sua renúncia. Morales deu nesta quarta sua primeira coletiva de imprensa do exílio, na qual reiterou que sua demissão visou a conter a violência que sacudiu a Bolívia. “Se meu povo pedir, estamos dispostos a voltar para apaziguar, mas é importante o diálogo nacional”, disse Morales, acrescentando: “vamos voltar cedo ou tarde. Quanto antes melhor para pacificar a Bolívia”.

Nike abandona Amazon

A Nike decidiu parar de vender suas roupas e sapatos diretamente na plataforma Amazon, interrompendo assim um acordo fechado em 2017 com a gigante americana do comércio digital, anunciou a fabricante de roupas esportivas nesta quarta-feira 13. “No âmbito dos esforços da Nike para melhorar a experiência do consumidor por meio de relacionamentos diretos e pessoais, decidimos encerrar nossa experiência piloto com a Amazon Retail”, disse um diretor da Nike. A marca afirmou, no entanto, que continuará a usar a Amazon para armazenar seus dados on-line e vários serviços digitais. Depois de rejeitar essa opção por anos, a Nike concordou em junho de 2017 em oferecer diretamente seus produtos na amazon.com para enfrentar a queda de suas vendas e a concorrência da Adidas e da Under Armour. O anúncio da Nike ocorre menos de um mês após a nomeação de John Donahoe como diretor-executivo, que substituirá Mark Parker à frente da empresa no início de 2020.

Disney+ tem 10 milhões de usuários em 1 dia

A nova plataforma de streaming Disney+, lançada nos Estados Unidos na terça-feira, superou a marca de 10 milhões de usuários em um só dia, segundo a Walt Disney. De acordo com analistas, a expectativa era que o serviço alcançasse mais de 8 milhões de inscritos até o fim de 2019, com a ajuda da assinatura gratuita de um ano para clientes da empresa de telecomunicações Verizon. Em declarações à revista “Variety”, a Disney informou que não planeja divulgar mais dados sobre inscritos da Disney+ além dos resultados trimestrais da empresa. A expectativa é que a Disney divulgue o próximo balanço em fevereiro.