2º turno é a chance para os candidatos debaterem juros e câmbio

Presidente da Abinee diz que cabe aos empresários cobrar a realização de reforma tributária

São Paulo – A realização do segundo turno entre José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) é a chance de incluir juros e câmbio no debate.

A avaliação é do presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétricas e Eletrônica (Abinee), Humberto Barbato, que participou nesta segunda-feira (4) do programa “Momento da Economia”, na Rádio EXAME. “Não entendo por que somos obrigados a ter juros tão elevados se temos inflação de primeiro mundo.”

Barbato diz que cabe aos empresários cobrarem a realização de uma reforma tributária. “A carga de impostos é mal distribuída e gera guerra fiscal, afetando as empresas.”

Na entrevista, o presidente da Abinee falou também sobre o papel do BNDES, que tem gerado muita polêmica. 

Clique na imagem para ouvir o programa “Momento da Economia” 

   

Leia mais notícias sobre Juros

Siga as últimas notícias de Economia no Twitter