Combinando propósito, sustentabilidade e lucro

A Empresa não é o seu produto. O produto é apenas o pretexto que a empresa utiliza para se aproximar e se relacionar com seus clientes.

No último artigo, escrevi sobre a ansiedade que vejo em vários executivos e empreendedores por fórmulas mágicas que turbinem os negócios e façam as vendas das empresas aumentarem rapidamente.

Defendi que a única “fórmula mágica”, se é que posso chamar assim, que poderá trazer resultados sustentáveis é a empresa (e seus executivos) examinar a si própria, deixar de lado por um momento a busca alucinante por lucros e (re) descobrir o seu propósito ou a razão da sua existência. E quero falar um pouco mais sobre isso neste artigo.

Publiquei um tempo atrás, um pocket book com 49 frases e pensamentos sobre negócios e marketing, resultado de um registro ao longo da minha vida profissional (hoje já possuo em torno de 100 e talvez isso vire um novo livro em algum momento). Mas uma em especial, a de número 37, mostra um pouco do pensamento que trago sobre a necessidade de a empresa ter uma consciência de qual o seu propósito:

 “A Empresa não é o seu produto. O produto é apenas o pretexto que a empresa utiliza para se aproximar e se relacionar com seus clientes. ”

Muitas empresas agem como se o cliente fosse um problema e não uma solução. São tão focadas em si próprias e em seus produtos, que o cliente acaba sendo um incômodo. Teste isso e ligue no SAC da sua empresa ou mande um e-mail, passando-se por um cliente.

Claro que o produto é importante, mas é o cliente quem deve estar no centro da sua estratégia e não o seu produto. Afinal, a sua empresa pode até ter bons produtos e um estoque cheio, mas ela só vai continuar existindo se tiver clientes. Sem clientes ela fecha, simples assim.

Mas como colocar o cliente no centro da estratégia da empresa? É aí que entra a consciência do propósito da empresa. É este propósito que vai direcionar toda a estratégia de negócios, desde o desenvolvimento dos produtos/serviços, até sua distribuição e comunicação.  É o que também vai conectar a sua empresa aos seus clientes de tal maneira que, às vezes, a fará mudar totalmente até mesmo os seus produtos/serviços, pois identificará que eles não mais ajudam a empresa entregar o que os seus clientes esperam e precisam hoje ou precisarão no futuro.

Talvez este propósito não dê à sua empresa todos os clientes do mercado, mas com certeza irá trazer os melhores clientes que ela pode ter. Manter-se fiel à este propósito será o primeiro passo para conseguir fidelizar e rentabilizar estes clientes. Não será fácil. Lógico, afinal, relacionamento dá trabalho e leva tempo para ser construído.

E com este cenário construído, a busca alucinada por vender mais e mais rápido será naturalmente trocada para primeiro VENDER MELHOR (propósito claro), conseguindo assim VENDER POR MAIS TEMPO (sustentável) e a combinação destes dois fará com que sua empresa consiga ao longo do tempo VENDER MAIS (lucro).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s