Vale e Ibama vão se reunir para discutir acordo sobre Brumadinho

A mineradora recebeu multas no valor total de R$ 250 milhões referentes à tragédia; objetivo seria evitar judicialização do caso

Está prevista para os próximos dias uma reunião entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Vale para negociar um acordo de pagamento das cinco multas aplicadas pelo órgão, no valor de 50 milhões de reais cada, referentes ao desastre de Brumadinho.

O objetivo do acordo é evitar uma judicialização do caso, que provavelmente se arrastaria por anos na Justiça.   

No caso da Vale, o acordo gera dois importantes benefícios: a empresa deixa de reconhecer infração, o que atenua possíveis complicações quando for responder a processo criminal pelo desastre, e também ajuda sua imagem. 

Procurada, a Vale informou que “a empresa mantém permanente interlocução com os órgãos públicos”.