Uma conta de 30 bilhões de reais para a Braskem?

Braskem enfrenta ações na Justiça de Alagoas, por sua operação de extração de sal-gema, que superam os R$ 30 bilhões, mais que seu valor de mercado

A petroquímica Braskem, do grupo Odebrecht, está enfrentando ações judiciais referentes à sua operação de extração de sal-gema em Maceió que superam 30 bilhões de reais — mais do que seu valor de mercado, de 23 bilhões de reais.

O processo mais recente, aberto em agosto pelo Ministério Público Federal, cobra da Braskem uma indenização de 20,5 bilhões de reais para a reparação de danos socioambientais causados pela mineração na capital alagoana.

Desde maio, a extração da matéria-prima utilizada na produção de plástico está suspensa. Um relatório da Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais aponta que a atividade da Braskem, combinada a fatores climáticos, foi responsável pelas fissuras em imóveis em três bairros da cidade, atingindo mais de 10 mil famílias.