Presidente da Oi sai e cobra a conta

Marco Schroeder pede demissão e cobra bônus em atraso

O presidente da Oi, Marco Schroeder, comunicou hoje ao presidente do conselho de administração da companhia, José Mauro Cunha, sua renúncia. Schroeder entrou na companhia há pouco mais de um ano, para tentar encontrar um consenso entre acionistas e credores para a recuperação da empresa e ainda tocar o dia a dia das operações sem afetar o serviço aos clientes. Mas não há consenso até hoje e a situação se tornou desgastante.

Na carta a que EXAME teve acesso, Schroeder cita a falta de consenso e mudanças recentes no conselho de administrativo e encerra cobrando a conta — “o atingimento de meta já foi alcançado sem o pagamento correspondente”. EXAME apurou que trata-se de um bônus de cerca de 10 milhões de reais. Schroeder assumiu a Oi em julho de 2016, com a empresa já em recuperação judicial.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Roberto Maio

    A Oi definitivamente não é uma empresa séria! Ao menos, comigo! Lançam pacotes de serviços na conta sem solicitação e depois dá maior mão de obra para tirar! Além disso, ligam diariamente aqui para casa várias vezes para vender produtos, fazem gravações e tornam a ligar! Um saco!