Por vontade ou necessidade, cresce número de empreendedores

Em 2018, cerca de 2 milhões de novas empresas foram abertas por meio do regime de microempreendedor individual (MEI), no Brasil

Seja por vontade ou por necessidade, está crescendo o número de pessoas que empreendem no Brasil. Em 2018, cerca de 2 milhões de novas empresas foram abertas por meio do regime de microempreendedor individual (MEI). É um número 18% maior do que o registrado há dois anos, segundo um levantamento realizado pela plataforma MEI Fácil. Porém, um problema pode estar a caminho. Economistas do governo Bolsonaro já sinalizaram que deve haver uma revisão dos regimes de tributação às micro e pequenas empresas — e o MEI pode estar no meio.

A modalidade, que tem como principal função diminuir a informalidade, dá incentivos fiscais a empresas que faturam até 81.000 reais por ano.