Peugeot e Citroën têm ambição redobrada no Brasil

Grupo francês PSA pretende expandir em 30% sua rede de concessionárias no país

As marcas de carros Peugeot e Citroën vão expandir sua rede de concessionárias no Brasil em 30% neste ano, para 245 unidades. O plano é chegar a 2022 com 364 lojas aqui. As duas pertencem ao grupo francês PSA.

Um novo formato de revenda junta Citroën e Peugeot no mesmo ponto, obtendo ganhos de eficiência. As marcas venderam 40.000 veículos no Brasil em 2018 e planejam vender 50.000 em 2019. Têm 2% do mercado nacional e querem chegar a 5% em 2021. “Estamos na contramão do setor. Quando todas as montadoras estavam abrindo concessionárias indiscriminadamente, decidimos aguardar”, afirma Ana Theresa Borsari, diretora-geral das marcas  no Brasil.

Em 2018, o mercado brasileiro de automóveis cresceu 14,6%, mas ainda está 30% aquém do melhor ano, 2012, quando foram vendidos 3,6 milhões de unidades.