O monitor do calote

Uma pesquisa relaciona o perfil de compras de consumidores brasileiros ao risco de inadimplência

A empresa de tecnologia Propz, que presta serviço para grandes redes de varejo no Brasil, criou um método que ajuda a estimar o risco de calotes com base no perfil de compras dos consumidores. Analisando os dados de seus clientes, concluiu que as pessoas que compram telefones celulares, produtos infantis (como fraldas) e brinquedos têm mais chance de deixar de pagar o que devem. “Não analisamos os motivos por que isso acontece, mas é possível que esse consumidor esteja com o orçamento mais apertado, ou porque gastou muito com um celular, ou porque acabou de ter um filho”, diz Israel Nacaxe, um dos fundadores da Propz. Já quem compra azeites e produtos dietéticos e naturais geralmente paga o que deve. A hipótese é que esse tipo de produto costuma ser comprado por pessoas de renda mais alta, cuja chance de ficar sem dinheiro e parar de pagar as contas é menor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s