Malwee vai fabricar jeans com 99% menos água

O uso de ozônio e laser vai permitir que o gasto de água na produção de uma calça jeans da Malwee caia dos 100 litros atuais para 200 mililitros

O grupo têxtil catarinense Malwee definiu um plano de investir 100 milhões de reais até 2021 com foco em projetos sustentáveis. A principal meta é reduzir o consumo de água utilizada na fabricação anual de 35 milhões de peças de roupa.

O uso de ozônio e laser vai permitir que o gasto de água na produção de uma calça jeans caia dos 100 litros atuais para 200 mililitros. A inovação ainda vai reduzir o custo das peças em cerca de 4% — a companhia fabrica aproximadamente 1 milhão de calças jeans por ano.

Fundada há 50 anos, a Malwee faturou 1 bilhão de reais no ano passado, 7% mais do que em 2017. A empresa, presidida desde 2007 por Guilherme Weege, da família fundadora, tem 330 lojas e vende para outras 25.000 lojas multimarcas no Brasil.