A corrida eleitoral dos institutos de pesquisa já começou

Fundado neste ano, o Instituto Orbis aposta em ligações telefônicas para desafiar Ibope e Datafolha, líderes na área de pesquisa de opinião pública

Uma nova empresa de pesquisas de opinião quer desafiar concorrentes tradicionais do mercado brasileiro, como Datafolha e Ibope.

Fundado neste ano, o Instituto Orbis aposta em pesquisas telefônicas automatizadas, mais baratas do que as tradicionais, para ganhar espaço nesse restrito setor. Para as sondagens, um sistema de inteligência artificial vai disparar ligações com voz humana, e o entrevistado deverá responder às perguntas pelo teclado do telefone.

Esse tipo de mecanismo foi amplamente usado durante as últimas eleições presidenciais americanas. Com investimento de 9 milhões de reais, o Orbis está negociando contratos com o setor privado e espera atuar nas eleições municipais brasileiras em 2020.