Grandes varejistas online estão na mira do MP

Associação dos distribuidores de insumos agrícolas encontrou 65 mil anúncios para venda ilegal internet

Grandes varejistas online estão no radar do Ministério Público, das secretarias de segurança pública e das secretarias agropecuárias estaduais. O motivo: a venda ilegal de agrotóxicos pela internet. A associação dos distribuidores de insumos agrícolas encontrou 65.000 anúncios para venda desses produtos, a maioria deles no Mercado Livre.

A iniciativa foi tomada depois de denúncias feitas pelos Correios, que identificaram vazamentos desses produtos durante as entregas. As notas fiscais, burladas, indicavam itens como “xampu” — os Correios disseram que, para evitar esses caso, suspenderam a postagem de produtos líquidos.

Os fertilizantes só podem ser vendidos com uma receita agropecuária. A venda ilegal pode gerar multas administrativas, civis e penais. Consultado, o Mercado Livre diz que permite às autoridades remover os anúncios.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s