Gimba faz investimento no papel

Gimba investe R$ 3 milhões para abrir três lojas em São Paulo para atender diretamente ao consumidor e espera faturar R$ 1 milhão por mês

A menor demanda por produtos como cartuchos para impressora, decorrente do aumento da digitalização, levou a fornecedora de material de escritório para empresas Gimba a ampliar seu público.

Com investimento de 2,5 milhões de reais para abrir três lojas na cidade de São Paulo, vai passar a atender diretamente o consumidor — que ainda compra cadernos e envelopes.

A Gimba espera que as lojas do varejo faturem juntas 1 milhão de reais por mês, aumentando em 3% sua receita. O desafio da Gimba, que vende atualmente até creme de leite para restaurantes, é descobrir o mix ideal de produtos para as novas lojas e aprender a repor rapidamente o estoque, segundo o diretor comercial Amauri Gennari.