Ficou com a viúva: Mata Pires Filho não é sócio da OAS 

Filho do fundador da OAS, César Mata Pires, falecido em agosto de 2017, ele nunca herdou as ações da companhia, que foram para a viúva, Tereza Mata Pires

O empreiteiro César Mata Pires Filho, preso nesta segunda-feira na 56ª fase da Operação Lava-Jato, não é sócio da construtora OAS. Filho do fundador da OAS, César Mata Pires, falecido em agosto de 2017, ele nunca herdou as ações da companhia, que foram para a viúva, Tereza Mata Pires. Hoje os únicos acionistas da OAS são ela, com 90%, e o ex-presidente Léo Pinheiro, preso em Curitiba desde setembro de 2016 por corrupção ativa e lavagem de dinheiro, com 10%. César Mata Pires Filho trabalhou na OAS até 2015, quando deixou a vice-presidência de engenharia a pedido dos credores. Era o início do processo de recuperação judicial que, segundo executivos próximos à empresa, caminha para seu final.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s