Com dívida de R$ 36 milhões, Agroregional entra em recuperação judicial

Baseado no Tocantins, o grupo teve faturamento de 76 milhões em 2017, cifra que caiu quase 40% em 2018.

A Agroreginal, empresa que atua na venda de insumos agrícolas no Norte do país, entrou em recuperação judicial depois de ver suas dívidas aumentarem de forma significativa. Baseado no Tocantins, o grupo teve faturamento de 76 milhões em 2017, cifra que caiu quase 40% em 2018. A dívida da empresa é de 36 milhões de reais.

“O principal motivo é a inadimplência dos clientes, que estão sofrendo com o momento de crise econômica”, afirma Douglas Duek, CEO da Quist Investimentos, que, junto com a DASA Advogados, assessora a empresa no processo.

Na avaliação de Carlos Deneszczuk, sócio da DASA, o setor de agronegócio deve viver uma crise mais aguda agora. “O tempo de maturação do agro é mais longo, eles conseguiram rolar suas dívidas, mas estão em situação mais difícil agora”, diz.

Além da Agroregional, o pedido de recuperação judicial inclui os donos do negócio na pessoa física. Eles atuam como agricultores na produção de soja e milho. O Grupo Agroregional foi fundado há 13 anos e atua na revenda de produtos como fertilizantes, adubos e sementes.