Coco Bambu atinge R$ 1 bilhão em faturamento e foca em novo formato

A rede projeta abrir 18 restaurantes no ano, terminando 2020 com pelo menos 56

A rede de restaurantes de frutos do mar Coco Bambu atingiu um novo marco em 2019: faturamento de 1 bilhão de reais. Parte do crescimento de 28% das receitas no ano passado veio da abertura de cinco novos restaurantes e duas unidades no formato Lounge e Music, voltado para atrações musicais. Para 2020, a expectativa é chegar a um faturamento de 1,3 bilhão de reais.

A rede projeta abrir 18 restaurantes no ano, terminando 2020 com pelo menos 56. Já há nove unidades em obras com inauguração prevista até julho, além de outros cinco contratos firmados. Entre estes está a primeira unidade da marca Vasto, que terá foco em carnes, saladas, sushis e sanduíches e será instalada em um shopping de Brasília neste mês. O espaço será menor em relação à média do Coco Bambu: em vez oferecer de 650 a 800 lugares, as unidades da Vasto terão entre 150 e 200 cadeiras.

“Estamos bem encaminhados em nossos planos para 2020. Com novos formatos, ampliamos as possibilidades de expansão”, diz Afrânio Barreira, presidente da rede.