Brasil quer menos China e mais Índia

País quer expandir acordos de livre comércio com outras nações além do gigante chinês

A Secretaria de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia tem como um dos objetivos reduzir a dependência do comércio com a China, maior parceiro comercial do Brasil.

Um dos principais alvos deve ser a Índia. “A Índia, mesmo crescendo mais do que a China, não representa nem 10% da atual fatia chinesa em nosso comércio”, diz um dos principais integrantes da equipe econômica.

Também está nos planos da secretaria fechar um acordo de livre-comércio com o Japão. Nos últimos dois anos, os japoneses fecharam acordos com a União Europeia e com a China e estão em negociações com os Estados Unidos.