Após anos de briga, controle da Usiminas tem trégua

Acionistas aceitaram alternância de presidente do conselho e do presidente executivo, a cada quatro anos.

Depois de anos de briga, a italiana Ternium e a japonesa Nippon chegaram a um consenso e revisaram o acordo de acionistas que têm para controlar a siderúrgica Usiminas. Aceitaram ter alternância de presidente do conselho e do presidente executivo, a cada quatro anos. O acordo também inclui um mecanismo de saída, em quatro anos e meio a partir da próxima eleição de diretoria, em maio. As empresas também querem encerrar amigavelmente as disputas judiciais em curso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s