A reviravolta da Iguá

Antiga CAB Ambiental volta ao lucro, com novo nome, novos acionistas e nova diretoria

A chacoalhada da nova gestão na Iguá Saneamento — a antiga CAB Ambiental, que mudou não só de nome mas de acionistas e diretores — colocou a empresa de volta ao lucro em 90 dias. Comprada pela gestora de private equity IG4 Capital em julho, a concessionária fechou o terceiro trimestre com lucro líquido de 31,3 milhões de reais, ante um prejuízo de 5,3 milhões de reais no mesmo período do ano passado. Em 2016, o ´prejuízo total foi de 82 milhões de reais.

A Iguá é a quarta maior operadora privada de serviços de água e esgoto do país, atendendo 6,6 milhões de pessoas. A companhia foi vendida à IG4 Capital pela Galvão Participações, envolvida na operação Lava-Jato, e é o primeiro investimento da gestora.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s