A “BR Malls” do Carrefour: rede vai turbinar área imobiliária

Um dos planos é reforma de lojas e readequação de uso para uma futura cisão do negócio, seguida da abertura do capital

São Paulo — A troca de comando no Carrefour pode ajudar a gestora Península, sua segunda maior acionista, a acelerar algumas mudanças na varejista. Um dos planos é turbinar a área imobiliária, com reforma de lojas e readequação de uso para uma futura cisão do negócio, seguida da abertura do capital.

Esse modelo já foi aplicado pelo grupo em outros países. Internamente, acionistas a definem como “a BR Malls do Carrefour”, em referência à empresa administradora de shoppings listada em bolsa.

O plano não contava com o apoio de Charles Desmartis, que era presidente do Carrefour — no fim de setembro, ele foi substituído por Noel Prioux. Carrefour e Península não comentam.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s