Brasil gastou 9 bilhões de reais na Copa para quase nada

.

O investimento de 9 bilhões de reais na construção de estádios para a Copa de 2014 impulsionou pouco a receita dos clubes brasileiros com bilheteria. Um levantamento da consultoria Sports Value revela que, de 2013 para 2017, o faturamento com bilheteria dos 20 maiores clubes do país cresceu 16% — de 300 milhões de reais para 350 milhões ao ano. A participação da bilheteria no total das receitas caiu de 10% para 7%.

Na Alemanha, sede da Copa de 2006, a receita com bilheteria aumentou 30% nos quatro anos posteriores ao Mundial, e continua crescendo. Uma exceção no Brasil é o Palmeiras, que inaugurou o estádio em 2014 e, de lá para cá, vem ampliando o peso da bilheteria: no ano passado, faturou 74 milhões de reais com o público, 15% de suas receitas totais.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s