Startup gaúcha desenvolve estufas para o cultivo de hortas urbanas

De olho na mudança de hábitos na mesa dos brasileiros, Plantário produz "oásis" dentro de apartamentos. Conheça a iniciativa!

O Instituto Millenium acredita em boas ideias!

Pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)revelou que oito em cada dez brasileiros se esforçam para ter uma alimentação mais saudável. A mudança no hábito dos consumidores e a vontade de restabelecer o contato com a natureza fez com o que os engenheiros mecatrônicos Bernardo Mattioda, George Haeffner e Thomas Kollmann dessem início a Plantário. Ouça o podcast no player abaixo e conheça a iniciativa!

A startup gaúcha desenvolve estufas modernas para o cultivo de verduras, legumes e temperos orgânicos para pequenos espaços em casas e apartamentos. O produto foi pensado para atender desde pessoas que não levam jeito para o cultivo, como aquelas que não dispõem de espaços adequados. “Essa é uma solução para todos que sonham em ter uma horta em casa”, explica Bernardo, já que o produto conta com adaptações técnicas para o cultivo indoor:

“Nossos equipamentos criam a iluminação do sol através das lâmpadas led. A irrigação é controlada por meio de algumas bombas e sensores para que as plantas recebam água sem precisar necessariamente de atenção diária. A nutrição das plantas é feita através do nosso substrato, que é uma terra com nutrientes para que elas possam se desenvolver corretamente. Assim conseguimos criar um oásis dentro dos apartamentos onde todas as plantas crescem de maneira saudável e orgânica”.

Conheça outras iniciativas
Startup cria soluções para tratar resíduos orgânicos
Grão Direto digitaliza o processo de compra e venda de grãos
App Giulia traduz linguagem de libras para áudio

“One”: uma das estufas produzidas pela Plantário

Para incentivar ainda mais o desenvolvimento da agricultura urbana, a Plantário criou um clube de assinatura onde todo mês o cliente recebe em sua casa dicas, sementes, receitas e substratos exóticos – uma maneira de tornar essa experiência maior e mais divertida, explica o cofundador:

“O universo da horta é muito mais amplo do que normalmente as pessoas estão acostumadas a pensar. Percebemos o quão legal seria fazer com que as pessoas expandissem esse conceito, e o clube veio para isso, ensinar um pouco mais sobre como tirar o melhor proveito da horta. Esse mês a temática vão ser incensos, então estamos ensinando um procedimento de tornar os temperos dos plantários em incensos naturais”.

Para o Bernardo, apesar de uma parte da população entender a importância da alimentação natural, ainda existe certa hesitação com a agricultura urbana no país. A principal razão para isso, ressalta, é a falta da educação do consumo: “Essa é uma cadeia produtiva ecologicamente consciente e nutricionalmente melhor. É uma solução que vem para agregar, mas nem sempre isso é percebido pela maior parte da população brasileira, e atribuo isso à falta da educação do consumo. Gostaríamos que as pessoas reconhecessem tudo o que está por trás da Plantário, e para isso, temos que fazer um trabalho de educação, convidando as pessoas a verem a agricultura pelos nossos olhos e fazerem parte desse movimento”.

Veja mais no Instituto Millenium

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s