Cobrar os devedores não exclui a necessidade de reformar a Previdência!

André Bolini esclarece mito de que o pagamento das dívidas resolveria o problema do déficit previdenciário

Em mais um episódio da série “Nossos olhos em Brasília”, o especialista do Instituto Millenium, André Bolini, esclarece um dos principais mitos em relação ao déficit da Previdência. Afinal, cobrar os grandes devedores poderia resolver o problema, tirando a necessidade de uma reforma? A resposta é não! Entenda no vídeo: 

O especialista explica que as dívidas ultrapassam a casa dos R$ 400 bilhões. No entanto, nem todo esse valor pode ser recuperado, já que muitos devedores decretaram falência ou estão em processo de recuperação judicial. “Se a gente considerar empresas saudáveis que podem de fato pagar a divida, o governo consegue recuperar de R$ 160 bilhões a R$ 180 bilhões, sendo que não há nem 100% de chance de recuperação”, explica.

+ A capitalização só beneficia os bancos? André Bolini responde!

É importante ressaltar, também, que o déficit da Previdência é algo contínuo, que se repete a cada ano, independente do pagamento deste estoque de dívida. Além disso, um dos pilares da reforma que tramita no Senado é justamente fortalecer a cobrança de grandes devedores.