5 dicas para investidores iniciantes

Começar certo é a diferença entre ser bem sucedido logo ou ter que começar muitas vezes.

 

 

Existem pessoas que nunca investiram, aqueles que simplesmente trabalharam, receberam dinheiro e gastaram tudo consumindo. às vezes até mais do que podiam e se endividaram.

Algumas destas pessoas aprenderam a lição e começaram a poupar e junto com outro grupo apenas colocaram seu dinheiro no investimento mais popular do Brasil, a caderneta de poupança.

Para este artigo vou considerar ambos os grupos como iniciantes e a eles vou dirigir estas cinco dicas.

Dica 1:
Não pense no produto financeiro. É comum ao iniciante sair pesquisando, ver notícias e hankings de rentabilidade. Isso gera uma enorme ansiedade e confusão para logo sair alocando recursos. Diga-se que isso é um prato cheio para os gerentes de bancos  que vão arrumar um destino rápido para o seu dinheiro porém, nem sempre o melhor.

Dica 2:
Não busque apenas a melhor rentabilidade. O bom investimento tem um equilíbrio entre rentabilidade, segurança e liquidez.  Não vai existir o investimento perfeito mas, muitos trazem um equilíbrio bastante interessante.

Dica 3:
Planeje seu investimento. Responda ao menos a estas três perguntas: Quanto você tem para investir? Qual o motivo ou objetivo deste investimento? e Quanto tempo ficarei investindo?

Dica 4:
Comece seus investimentos com aplicações de curto prazo, em seguida aloque para médio prazo e por último os investimentos de longo prazo. Preencha uma “caixinha” de cada vez.

Dica 5:
Tenha um planejamento orçamentário para duas coisas, primeiro fazer sobrar dinheiro para investir e, em seguida, para aumentar sua renda e fazer sobrar mais dinheiro para investir

Enriquecer é uma questão de ter e seguir um bom plano.

Mauro Calil é Fundador da Academia do Dinheiro
Instagram @academiadodinheiro
Youtube Academia do Dinheiro

Veja o Vídeo que complementa este artigo