Mundial de Skate Street promete novo patamar em São Paulo

Brasil se coloca como protagonista na disputa

Começou o Mundial de Skate Street no Parque Anhembi, em São Paulo. Ao todo o Mundial em São Paulo vai reunir 70 atletas, entre homens e mulheres da elite do skate street, que disputarão até o dia 22.09 as provas em uma pista inédita, construída exclusivamente para a competição no Pavilhão de Exposições do Anhembi. O projeto é da California Skateparks, companhia que constrói as pistas mais desejadas do mundo. E a empresa que assinará também a da competição olímpica.

Segundo Pedro Rego Monteiro, Diretor Executivo da Effect Sport, organizadora da competição que soma valiosos pontos para o ranking olímpico, o Mundial no Brasil reforça a relevância do skate nacional e proporciona aos atletas brasileiros uma proximidade maior com os fãs. “Vai ser um evento inesquecível, com os melhores do mundo nessa modalidade em busca não apenas do título mundial, mas da vaga olímpica. O fato de ser uma pista inédita, coloca todos atletas em igualdade, o que promete elevar o nível da competição. Além disso, os brasileiros na disputa poderão contar com o carinho da torcida. É muito bom poder proporcionar esse momento aos nossos atletas”, explicou Pedro em conversa com a Exame.com.

Nos dias 21 e 22 de setembro, quando serão disputadas a semifinal e a final, o evento é aberto ao público. Um novo lote de ingressos já está à venda online. O Pavilhão de Exposições do Anhembi tem capacidade para receber até 9 mil pessoas por dia. A etapa final do Campeonato Mundial da Street League Skateboarding (SLS) tem apoio da BV e da Prefeitura de São Paulo por meio da Secretaria Municipal de Turismo.