DAZN, plataforma de streaming de esportes, chega forte ao Brasil

Com amplo portfólio de atrações esportivas, serviço terá custo mensal de R$37,90, sem fidelização – novos assinantes terão direito a um mês de acesso grátis

O DAZN, primeiro serviço de streaming de esportes ao vivo e on demand do mundo, já está oficialmente disponível no Brasil. E chega propondo abranger o melhor das competições esportivas nacionais e internacionais. A empresa, que chega ao seu nono mercado de atuação e já marca presença em quatro continentes (o serviço já está disponível na Espanha, Estados Unidos, Canadá, Itália, Japão, Áustria, Suíça e Alemanha), pretende transformar a indústria brasileira de transmissão esportiva para continuar sua rápida e sólida expansão global. O DAZN já vinha disponibilizando a transmissão de algumas partidas exclusivas do seu portfólio de futebol por meio dos seus canais nas redes sociais. Um teste importante ocorreu na partida Corinthians x Racing, válida pela primeira fase da Copa Sul-Americana. Em parceria com a REDETv para a Tv Aberta, chegou a liderar a audiência e conquistou amplo destaque nas redes sociais. A marca tem tudo para ser no Brasil a Netflix dos Esportes.

O conteúdo da plataforma inclui jogos da Copa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro da Série C, além de partidas do futebol Italiano (Serie A TIM, Serie BKT e Supercoppa Italiana), Francês (Ligue 1 Conforama, Domino’s Ligue 2 e Coupe de France), Norte-Americano (MLS), Japonês (J-League), Inglês (FA Cup) e Africano (AFCON – Copa Africana de Nações). Além disso, a plataforma também vai oferecer uma ampla variedade de atrações como basquete (Turkish Airlines EuroLeague e British All-Star Championship basketball), tênis (WTA) e automobilismo (NTT IndyCar Series). Os fãs de luta poderão acompanhar os combates de boxe da Matchroom Boxing USA e Italy, de MMA da Professional Fighters League e da Glory Kickboxing. Nos últimos meses, o DAZN uniu mais de trinta profissionais de diversas áreas para fazer parte do time de contratados da empresa para atuar no Brasil, entre eles narradores, comentaristas, analistas, produtores e influenciadores digitais.

John Skipper, presidente executivo global do DAZN, afirma que a chegada ao País é um passo fundamental para os objetivos de negócio da empresa. “Estamos muito satisfeitos em liderar esse movimento no qual o streaming passa a ser a preferência dos consumidores de um conteúdo tão importante quanto o das transmissões esportivas ao vivo”, comenta. “Estamos empolgados e comprometidos em levar o melhor conteúdo possível aos fãs de esportes brasileiros por meio de um serviço acessível e flexível. A paixão que os brasileiros têm pelo esporte é incomparável, por isso faz todo sentido trazer nossa plataforma de streaming de esportes ao país”, afirma Bruno Rocha, vice-presidente executivo do DAZN no Brasil. “O futebol é muito importante em nossa oferta e queremos oferecer todos os tipos de esportes premium para criar uma oferta incomparável”, finaliza.

 (Divulgação DAZN/Divulgação)

Em conversa com o Esporte Executivo, Bruno comentou sobre o desafio de trazer o streaming ao Brasil: “Nosso trabalho foi mais árduo em outros países da Europa e no Japão, quando o streaming em si ainda estava mais incipiente. Nesse momento, no Brasil, já há uma oferta de streaming e a população está mais acostumada com o formato.” Questionado sobre o possível aumento de competições no cardápio da DAZN, Bruno lembrou o contexto de concorrência neste mercado: “Obviamente estamos atentos aos direitos esportivos possíveis para trabalharmos por aqui. Nós começamos com um portfólio já muito bom, mas evidentemente queremos qualificar ainda mais. Certamente iremos fazer esforços, mas mensuraremos o valor de cada direito. Não podemos entrar em uma competição sem mensurar os valores envolvidos”.

Quando o assunto foi a possibilidade de ampliação de conteúdo para além dos eventos ao vivo, Bruno cravou que se trata de formatos já em planejamento: “Temos forte relação com a transmissão ao vivo, mas, nesse sentido, temos muitos conteúdos que podem ser distribuídos ao longo da programação. Faremos também investimentos em documentários e conteúdos originais para completar cada vez mais a experiência de nossos assinantes com a DAZN, embora não nos vejamos como um canal linear”. Por fim, Bruno assegura que a marca veio disposta a conquistar o brasileiro com um serviço de qualidade a preço acessível: “Claro que queremos ter o maior número de transmissões esportivas que interessem aos nossos assinantes, mas não abrimos mão do padrão de qualidade DAZN que estamos implantando. Nosso assinante não pode se decepcionar com nosso conteúdo”.

O serviço será compatível com Smart TVs, celulares, tablets, computadores e consoles de videogames e terá um custo mensal de R$ 37,90, sem a obrigatoriedade de qualquer contrato de fidelização. Além disso, os novos assinantes terão direito a um mês de acesso grátis. Para mais informações do lançamento do DAZN no Brasil, basta acessar www.dazn.com.