Com apoio de FPF e Santos, Uber incentiva futebol feminino

Para estimular mudança de perspectiva em relação ao futebol feminino, Federação Paulista de Futebol, Santos F.C. e Uber firmam parceria

Quem esteve presente na Vila Belmiro na última quarta-feira (12), ou acompanhou a transmissão do clássico entre Santos e Corinthians, ficou intrigado com uma enorme bandeira estendida na torcida santista, com os dizeres: “Infelizmente, esta bandeira vai ser mais vista que o futebol feminino”, junto com a hashtag “#AcreditaNelas”. Sem assinatura ou autoria evidente, o manifesto teve como grande objetivo mostrar a falta de visibilidade e apoio que a modalidade feminina tem no país.

Agora sabe-se que Federação Paulista de Futebol, Uber e Santos F.C. foram parceiros da iniciativa. “Para a Uber é um orgulho fazer parte desta ação. Queremos que a paixão que nós brasileiros temos pelo futebol seja a mesma, tanto para homens quanto pra mulheres”, afirma Adriana Gomes, Diretora de Marketing da Uber Brasil. “Com a Aline Pellegrino, diretora da modalidade na FPF, estamos avançando com competições de base, peneiras, tudo para fomentar o surgimento de novas craques”, ressalta Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF. Para o Presidente do Santo F.C., José Carlos Peres, “as Sereias da Vila fazem parte de nossa identidade, história e contribuem de forma constante para nossas glórias esportivas”.

O #AcreditaNelas não é uma ação pontual. É o início de um movimento em prol do futebol feminino, para que ele esteja todos os dias em todas as rodas, debates e conversas sobre o esporte mais popular do País. Na semana passada, a Uber, aplicativo de mobilidade oficial do Grêmio e do Internacional, estendeu sua parceria às equipes femininas dos dois clubes para a temporada atual. Além disso, patrocinou em 2019 o maior torneio de futebol amador do Brasil, a Taça das Favelas, que aconteceu em São Paulo, com times masculinos e femininos. A Uber também será a patrocinadora oficial do Torneio Internacional de Seleções que acontece de 29 de Agosto a 1 de Setembro, no Pacaembu, com os times femininos do Brasil, Canadá, Itália e México.