Windows Phone rouba mercado de Android e iOS na Europa

Segundo dados divulgados pela Kantar Worldpanel, sistema operacional móvel da Microsoft chegou a 10% dos smartphones nos cinco principais países europeus

O Windows Phone continua atrás dos rivais Android e iOS, mas na Europa, a situação está melhorando bastante.

Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela Kantar Worldpanel, o sistema operacional móvel da Microsoft chegou a 10% dos smartphones nos cinco principais países europeus – Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Espanha.

A análise contempla agosto a outubro de 2013, e mostra que, em comparação com o mesmo período do ano passado, a participação do SO no mercado do velho continente subiu de 4,8% para 10,2% – ajudado pelos aparelhos de baixo custo, seguindo a escola do Google.

O Android, que ainda reina absoluto, cresceu de 64,5% para 70,9%, enquanto o iOS, por sua vez, registrou uma queda, de 20,8% para 15,8%. A BlackBerry, por fim, foi de 5,1% para 1,8% – entre os países analisados pela Kantar, o SO cresceu apenas na Austrália.

Itália, França e Reino Unido são, respectivamente, os que têm a maior porcentagem de aparelhos com WP circulando. Dos três, os italianos são os maiores “fãs” da plataforma da Microsoft, com 16,1% dos aparelhos no país rodando-o.

A porcentagem o deixa como o segundo sistema operacional móvel mais usado, atrás apenas do Android, que ainda está em 68,8% dos smartphones da Itália – o iOS tem apenas 10,1%.

Na França, a parcela de mercado do WP é menor, mas o salto foi bem maior, refletindo melhor o comportamento da Europa. Do terceiro trimestre de 2012 para o terceiro de 2013, o sistema da Microsoft saltou de 5,1% para 12,5%.

O iOS, por sua vez, caiu de 19,5% para 15,9%, enquanto o Android foi de 60,4% para 68,1% – e são os franceses que acabaram refletindo melhor o comportamento da Europa.


Lançamentos da Apple – Se mantivermos a comparação limitada apenas aos terceiros trimestres de 2012 e 2013, os dados divulgados pela Kantar mostram uma boa ascensão do Windows Phone e uma aparente queda do iOS. Vendo por esse lado, tais dados sugeririam que os lançamentos que os lançamentos dos iPhones 5s e 5c foram “um fracasso”.

No entanto, o cenário muda se pegarmos as informações da Kantar relativas a setembro deste ano. Colocando-as de frente com as de outubro, vê-se que a participação da Apple no mercado europeu aumentou depois da chegada dos novos aparelhos – foi de 14,6% para 15,8%, e o crescimento só não foi registrado na Itália. Essa melhora foi vista também nos Estados Unidos e na Austrália, países que receberam os novos smartphones no período.

Mas de um mês para o outro, o Windows Phone ainda mostra indícios da ascensão, tanto na Europa quanto em outros mercados, exceção feita à China.

Comparando setembro com outubro de 2013, quem perdeu espaço foi o Android – levemente no mercado europeu (de 71,9% para 70,9%) e mais bruscamente no norte-americano (de 57,3% para 52,6%).

De qualquer forma, mesmo com essa melhora nos números na reta final de 2013, ainda se vê que nem os lançamentos de novos aparelhos conseguiram colocar a Apple no mesmo patamar de 2012 – basta ver a comparação dos dois terceiros trimestres, de agosto a outubro. Ainda falta um período de três meses, no entanto, para ver qual será o resultado deste ano.