Vídeo mostra queda de avião que matou Eduardo Campos

A câmera que registrou o acidente é de um prédio em construção. É possível ver que o jatinho caiu de bico em alta velocidade após passar por dois prédios

A Rede Globo divulgou nesta quarta-feira (20) imagens inéditas do momento exato da queda do jatinho que matou o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos. O acidente também causou a morte de mais seis pessoas no dia 13 de agosto, em Santos, no litoral de São Paulo.

A câmera que registrou o acidente é de um prédio em construção que fica a cerca de 500 metros do local do acidente, no bairro do Boqueirão. É possível ver que o jatinho caiu de bico em alta velocidade após passar por dois prédios (veja o vídeo).

O vídeo demorou a ser divulgado porque o horário do sistema de monitoramento da câmera estava errado. De acordo com o Jornal da Globo, havia um erro no horário do equipamento, que marcava 11h03 quando o jatinho caiu. No entanto, o acidente aconteceu por volta das 10h.

O vídeo é o primeiro que mostra o avião no momento da queda. As imagens devem ajudar nas investigações para descobrir as causas do acidente.

O acidente – O candidato Eduardo Campos e mais seis pessoas morreram com a queda do jatinho de modelo Cessna 560XL, com prefixo PR-AFA. Também estavam no avião os assessores Pedro Valadares, assessor direto;  Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor de imprensa; Marcelo Lyra, cinegrafista; e Alexandre Severo, fotógrafo oficial, além dos pilotos Marcos Martins e Geraldo da Cunha.

A aeronave havia partido do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Guarujá. O jatinho arremeteu antes do pouso por causa do mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com o jatinho.

A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que a gravação da caixa-preta do jatinho não é do voo de Campos e sim de outro voo realizado dias antes. Atualmente, uma equipe de peritos está em Santos com o objetivo de apurar a causa do acidente.