Vídeo faz paródia com Pixar e critica espionagem americana

Vídeo brinca com abertura das animações da produtora para criticar agência de espionagem dos EUA

São Paulo – Postado na última sexta-feira no YouTube, um vídeo com pouco mais de 20 segundos de duração faz sucesso na web. Parodiando a a abetura dos filmes da produtora de animação digital Pixar, a produção critica a espionagem americana conduzida pela NSA, a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos.

O vídeo já tem mais de 1,2 milhão de visualizações e brinca com as letras da sigla USA (Estados Unidos da América). Uma pequena câmera animada “passeia” pelo cenário e substitui a letra “U” por um “N”, formando a palavra NSA. Na abertura original da Pixar, um abajur interativo troca de lugar com a letra “i” do nome da produtora.

Atualmente, os Estados Unidos estão envolvidos em uma queda de braço com a Rússia, que abriga provisoriamente Edward Snowden, ex-funcionário da NSA que divulgou informações secretas sobre a espionagem americana. Enquanto o governo de Washington deseja prender o responsável pelo vazamento dos dados, a Rússia estuda conceder um asilo político temporário para Snowden, possibilitando assim que ele viaje para um país latino-americano disposto a abrigá-lo em definitivo.

Veja abaixo a paródia publicada no YouTube:

//www.youtube.com/embed/55D-ybnYQSs