Veículo com carga radioativa é roubado no México

As autoridades mexicanas informaram a Agência Internacional de Energia Atômica do recente roubo de um caminhão que transportava uma perigosa fonte radioativa

As autoridades mexicanas informaram à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) do recente roubo de um caminhão que transportava uma perigosa fonte radioativa usada para tratamento médico, confirmou nesta quarta-feira (4) a agência nuclear das Nações Unidas em Viena.

A Comissão Nacional de Segurança Nuclear (CNSNS) afirmou que o caminhão, que estava transportando uma fonte de cobalto-60 para teleterapia de um hospital de Tijuana para um centro de resíduos radioativos, foi roubado em Tepojaco, próximo da Cidade do México, na manhã de segunda-feira.

A AIEA alertou em comunicado na capital que a fonte radioativa roubada pode ser “extremamente perigosa”.

Além disso, o organismo internacional acrescenta que as autoridades mexicanas estão realizando uma busca pelo caminhão e emitiram um comunicado de imprensa para alertar os cidadãos.

A AIEA informou que ofereceu seu apoio ao México para prestar assistência no caso. A CNSNS explicou que em um posto de gasolina em Tepojaco, município de Tizayuca (Hidalgo), foi roubado um veículo que transportava equipamento médica em desuso para o tratamento de teleterapia do Instituto Mexicano de Seguridade Social (IMSS).

Segundo o comunicado da CNSNS, trata-se de material radioativo de baixa intensidade que era transportado ao Centro de Armazenamento de Resíduos Radioativos.

O CNSNS disse que “imediatamente se ativou um protocolo de alerta para as autoridades federais, estaduais e municipais; as quais iniciaram a busca do equipamento roubado”.

A CNSNS garantiu que a fonte radioativa no interior do equipamento médico “está devidamente blindada e não representa risco algum, sempre e quando não fraturem ou alterem seu invólucro”.