Startup Bom Pedreiro quer facilitar a vida de quem precisa reformar

Reforma é sinônimo de dor de cabeça para muita gente, mas para o advogado Thiago Olifer, 27 anos, cada parede quebrada é uma oportunidade de negócio

Reforma é sinônimo de dor de cabeça para muita gente, mas para o advogado Thiago Olifer, 27 anos, cada parede quebrada é uma oportunidade de negócio. Ele é o fundador da Bom Pedreiro, startup que faz a ponte entre profissionais e clientes que precisam construir ou reformar. “Ajudamos em todas as etapas da obra porque oferecemos também orçamentos para serviços, como colocação de azulejos”, diz Olifer, morador de Diadema, região metropolitana de São Paulo.
 
Convidada para participar de eventos como a Futurecom e a Campus Party 2014, a empresa atua hoje apenas na capital e em algumas cidades do interior do estado. Em seu site, ela recebe pedidos e já cadastrou mais de 500 profissionais, que passam por um processo de aprovação antes de serem recomendados aos clientes.

Até o final do ano, no entanto, a Bom Pedreiro planeja expandir o serviço para outras regiões. Para isso, desenvolve um aplicativo onde será mais fácil buscar e avaliar os profissionais. “A ideia é agilizar processos para o cliente”, diz Olifer. Mas, como a startup não faz milagres, as reformas em geral devem continuar dando algum trabalho.