Sony Xperia Z2 Tablet

logo-infolab

A Sony tomou uma medida ousada: transformou o seu smartphone topo de linha em um tablet poderoso. Com isso, a empresa criou o Xperia Z2 Tablet, que é o produto mais potente de sua categoria. As configurações são essencialmente iguais às do celular, exceto pela maior memória RAM e pela alta resolução de tela. Diferentemente da maioria dos concorrentes, em vez de oferecer um display Full HD, a Sony foi além e colocou uma tela 10.1 polegadas com 1200 por 1920p e densidade de 224 pixels por polegada.

Entretanto, o preço do produto é tão alto quanto seu desempenho, tornando-se o tablet Android mais caro do mercado atual: 2.599 reais. Como diferencial, o aparelho tem receptor de TV digital padrão Full-Seg, que exibe imagens de emissora de TV aberta gratuitamente com resolução de 1080i — 720p com uma interpolação de pixels que aumenta a qualidade. Este é o único tablet a contar com esse recurso no mercado atual. Vale notar que nem mesmo o smartphone Xperia Z2 exibe o sinal de televisão com tanta resolução, visto que seu receptor é 1-Seg.

Vídeo

http://videos.abril.com.br/info/id/61bae7582e4aab4fffa956eacc62e275

Design

Se o Sony Xperia Z2 Tablet peca em um ponto é na construção de seu corpo. Emborrachada, a parte traseira do produto pode ser considerada consistente, firme, mas as marcas de dedos aparecem com muita facilidade. Basta tirar o aparelho da caixa pela primeira vez para que as suas digitais fiquem impressas em sua carcaça. Limpar as marcas não é fácil como parece, visto que elas não saem facilmente e que irão reaparecer quando você manuseá-lo novamente.

Fora isso, o design segue o padrão retangular que a Sony usa em toda a sua linha de dispositivos móveis, com pontas proeminentes que não favorecem o transporte diário. O tablet conta com certificado IPX58 e IP5X, ou seja, seu corpo é protegido contra entrada de poeira e é resistente à água. As limitações são as mesmas encontradas no smartphone Samsung Galaxy: o tablet pode permanecer submerso em agua doce por até 1,5m durante 30 minutos.

O aparelho também ganha destaque por ser bastante fino e leve. Apesar de sua tela avantajada, ele pesa somente 439g e chega a ser tão fino quanto um smartphone.

Os botões físicos do aparelho são idênticos ao dos smartphones da marca, porém, não há um botão dedicado para a câmera. Os slots microSD, cartão SIM (LTE) e conexão micro USB são cobertos por uma única proteção, localizada na área superior esquerda. Já no lado direito está localizada a antena de TV, que é retrátil e pode chegar a até 12,5 cm. Na área inferior, estão localizados o conector P2, e na parte central a conexão proprietária para dock de recarregamento sem fio, que é vendida separadamente.

http://info.abril.com.br/reviews/fotonoticias/na-mao-xperia-z2-tablet-permite-assistir-tv-embaixo-d-agua.shtml?embed=s

Configuração

O Xperia Z2 Tablet conta com processador quad core Snapdragon 801 com velocidade máxima de 2,3Ghz, 3GB de memória RAM, 16GB de armazenamento (com suporte a cartão microSD de até 64GB), GPU Adreno 330 e sistema Android KitKat. O desempenho do produto é ótimo para produtividade, para acessar redes sociais, bem como para rodar aplicativos e games. Especialmente no último caso, a performance merece menção: não houve engasgos nem perdas de frames ao executar jogos pesados como Real Racing 3 ou Asplhat 8. A experiência de uso para jogar é excepcional.

A TV digital do aparelho funciona de forma semelhante à do smartphone Z2, ou seja, muito bem. Há recursos para gravar vídeos e ver a programação das emissoras.

Também é possível para fazer ligações com este tablet. Se você não quiser que todos no ambiente ouçam sua conversa no viva-voz é necessário usar um fone de ouvido. Não se usa o produto como um smartphone, aproximando-o da orelha — o que seria bem ridículo.

Nos benchmarks, o Xperia Z2 Tablet exibe toda a sua potência.

Quadrant (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
XPeria Z2 Tablet 18370
AnTuTu (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
XPeria Z2 Tablet 33848;
Geekbench 3 (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
XPeria Z2 Tablet 2648
3D Mark Ice Storm (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
XPeria Z2 Tablet 18374

Sistema

O sistema Android 4.4.2 KitKat não é puro. A personalização da fabricante é exatamente a mesma usada em seu smartphone topo de linha. A vantagem do momento é que agora é possível instalar o lançador do Google, o Google Now Laucher, que mostra o sistema Android como ele foi idealizado pela gigante das buscas. O problema é que a memória interna continuará ocupada com alguns aplicativos pré-instalados. Dos 16GB de armazenamento interno, somente 7,02GB estão realmente livres para o usuário guardar seus arquivos. Isso implica o uso de um cartão microSD para expandir o espaço de armazenamento de dados ou então o uso constante de uma pasta na nuvem, como Google Drive ou Dropbox. São eles:

What’s New – Uma vitrine de aplicativos e mídias de outras lojas, incluindo a Play, Music Unlimited e a PSN.

Sony Select – Um aplicativo de curadoria mais focado nas ofertas da Play.

Notícias SocialLife – Um amalgama de agregador de redes sociais com leitor de RSS.

Video Unlimited – Loja de filmes e programas de TV (disponível para Japão, EUA, Canadá, Austrália e alguns países europeus)

TrackID – Funciona como o SoundHound: busca a identidade de músicas captadas pelo microfone

Smart Connect – Aplicativo de automação que realiza algumas ações configuráveis de acordo com um contexto. Por exemplo, se os fones de ouvido são conectados, o telefone sai do mudo e o aplicativo de música é iniciado. As ações podem variar desde iniciar um aplicativo até postar no Facebook. Também gerencia periféricos como o Smart Band.

Xperia Care – Aplicativo de suporte, com acesso remoto;

TrackID TV – Exatamente a mesma coisa que o TackID, mas para programas  de TV (disponível para Japão, EUA, Canadá, Austrália e alguns países europeus);

PlayStation – Integração com o PS4. Controla o console remotamente, exibe ofertas da PSN, administra contatos e achievements;

Xperia Lounge – Aplicativo de promoções da Sony na vida real (ingressos para shows, etc). Também oferece algum conteúdo de mídia (filmes, músicas, etc);

Playstation Mobile – Loja de games mobile para o PS Vita e para o Android. Não está disponível no Brasil, mas é possível mentir sobre sua localização para utiliza-la. Não tem muito conteúdo, mas o que existe é basicamente exclusivo;

Pixlr Express – Excelente aplicativo de edição de imagem da Autodesk. Grátis na Google Play;

File Commander – Aplicativo para visualizar o sistema de arquivos. Grátis na Play;

OfficeSuite 7 – Apenas visualiza arquivos Office. É preciso pagar pela versão Pro para editar e criar documentos. Grátis na Google Play.

Rascunhar – Aplicativo de desenho. Bem simples, mas com uma interface atraente.

Garmin Navigon – Aplicativo de GPS com mapas off-line. Talvez um dos aplicativos amis genuinamente úteis do grupo. Não há muito que falar dele, exceto que a versão equivalente na Google Play custa 85,09 reais.

Bateria

A duração de bateria do tablet da Sony poderia ser melhor. A marca atingida pelo produto foi de 6h34, enquanto o Lenovo Yoga Tablet 10 aguentou por 7h14. O teste de bateria do INFOlab consiste na execução contínua de vídeos com Wi-Fi e Bluetooth ativos, otimizações de software desligadas e brilho de tela no máximo. A relativamente baixa autonomia de carga é ocasionada pela altíssima resolução de tela. Essencialmente, o problema é o mesmo enfrentado pelo smartphone LG G3, que também tem display com resolução acima da média.

Câmera

As câmeras de tablets normalmente não são recursos prioritários, especialmente em um modelo com tela de 10 polegadas. Ainda assim, a Sony colocou um bom sensor que captura imagens com 8MP e resolução máxima de 3264 x 2448 pixels (4:3) ou então com 5MP e em 1080p (16:9). Como não há flash, a única situação de uso recomendada é em ambientes bem iluminados.

O software de câmera encontrado nos smartphones da linha Xperia também está no Z2 Tablet. É possível selecionar os modos: Automático, Manual, Timeshift burst (tira uma sequência de 60 fotos com um clique), AR effect (efeito de realidade aumentada) e Panorama. No modo Manual é possível selecionar ISO (50, 100, 200, 400, 800, 1600), HDR, estabilizador de imagem, foco por toque, detecção de rosto ou automático. Os vídeos são filmados em Full HD (1080p).

Foto por: INFO

Foto por: INFO

Foto por: INFO

Foto por: INFO

Já a câmera frontal tem 2.2 MP de resolução e é útil para videochamadas.

Vale a pena?

O Sony Xperia Z2 Tablet é o dispositivo de 10 polegadas mais poderoso do mercado atual que já passou pelo INFOlab. Entretanto, seu preço não é tão competitivo quanto as suas configurações e seus recursos. Por 2.599 reais, o produto eleva o custo dos tablets Android a um novo patamar, o mesmo em que já se encontram os smartphones. Em parte, isso se deve à falta de produção nacional, como acontece com o console PlayStation 4, também da Sony. O tablet vale a pena para quem quer ter o melhor disponível no mercado atual — claro, se estiver disposto a pagar caro por isso.

Ficha técnica

Sistema operacional Android 4.4.2(Kit Kat)
Chipset Snapdragon 801 (MSM8974AB)
CPU (SoC) Krait 400 2,3 GHz (quad core)
Memória RAM 3GB
GPU (SoC) Adreno 330
Armazenamento 16 GB (7.02 GB livres) + microSD
Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac (dual band)
Tela 10.1” TFT (1200 x 1920p)
Formato Audio – AAC, FLAC, MIDI, MP3, AMR, OGG, WAV; Video: Containers – MTS, MP4, MKV, MOV Codecs – AVCHD, DivX, Xvid, H.264.
Peso 439g
Bateria 6h34

Avaliação técnica

Prós Extremamente fino e leve, configuração poderosa, LTE, NFC, TV Full-seg
Contras Preço alto; apresenta marcas de uso rapidamente
Conclusão Tablet com os melhores recursos do segmento, mas preço alto é impeditivo para a compra
Configuração 9,4
Usabilidade 9,5
Bateria 7,0
Design 9,2
Média 9.0
Preço R$ 2.599