Sony adia divulgação de resultados por causa de ciberataque

Empresa garante que o impacto do ataque não foi material

A Sony anunciou que irá adiar a divulgação de seus resultados financeiros do último trimestre de 2014. O motivo é a “destruição e ruptura” que se seguiu ao ciberataque direcionado a sua divisão de filmes, ocorrido em novembro.

A Sony Pictures precisou desativar sua rede após ela ser invadida por hackers. Por isso, a maior parte dos sistemas financeiros e “muitas outras informações críticas” da empresa ainda não estão on-line. Isso deve acontecer até o começo de fevereiro.

No final de dezembro, o Wall Street Journal afirmou que a empresa iria precisar de oito semanas para reestabelecer sua rede, isso se seus sistemas permanecessem seguros.

Por isso, o balanço da empresa nos últimos três meses de 2014 não será mais lançado em 4 de fevereiro, como planejado.

No mesmo dia, a Sony ainda deve fazer uma chamada com acionistas e divulgar um relatório sobre o desempenho da empresa durante o último trimestre, período de bons resultados em virtude das festas de final de ano.

De qualquer forma, a empresa não acredita que o ciberataque irá fazer diferença nos resultados finais.

“Apesar de a Sony continuar a avaliar o impacto do ciberataque em seus resultados financeiros, ela atualmente acredita que o impacto não é material”, diz a empresa em comunicado.