Smartphones com Windows falham em tentativa de ressuscitar

Os aparelhos com Windows ficaram muito longe de atingir a meta de financiamento para voltarem ao mercado

São Paulo — Lembra do sistema Windows Phone? Ele passou a ser chamado apenas de Windows 10 e a Microsoft parou de lançar smartphones com esse software em 2016. Neste ano, uma empresa chamada WhartonBrooks tentou ressuscitar os aparelhos com Windows, mas essa história não deu certo.

A campanha de financiamento coletivo no site Indiegogo pedia 1,1 milhão de dólares, enquanto a versão brasileira da vaquinha online no site Kickante pedia a quantia–nada modesta–de 5.850.000 reais.

Na semana passada, quando a campanha do Indiegogo terminou, o valor arrecadado dos fãs do Windows nos celulares era inferior a 30 mil dólares. No Kickante, o montante é similar: pouco mais de 30 mil reais.

O financiamento era para criar o smartphone chamado Cerulean Moment (na foto acima), que estava previsto para chegar ao mercado em agosto de 2017.

A EXAME.com, a Microsoft informou que nada tinha a ver com esse projeto.

O smartphone mais recente com sistema Windows, o Lumia 950 de 2016, não chegou a ser lançado oficialmente no Brasil.

Com isso, os desenvolvedores focam seus esforços na criação de aplicativos voltados para computadores e notebooks com telas sensíveis ao toque.

Sem novos produtos, a Microsoft tem outra estratégia para ficar perto de você: invadir Android e iPhone com aplicativos.