Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,66 0,32%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,31% 63.886 pts
Pontos 63.886
Variação -0,31%
Maior Alta 3,37% FIBR3
Maior Baixa -2,48% CIEL3
Última atualização 29/05/2017 - 11:44 FONTE

Fulldome, o cinema 3D de 180 graus, chega ao Brasil

Domo inflável pode ser montado em um dia e chega a até 10 metros de altura

São Paulo – A visita a um planetário é uma experiência inesquecível para qualquer criança que senta na cadeira inclinada, em um ambiente escuro, e tem a sensação única de olhar para o universo. Essa foi a inspiração da produtora paulistana Visualfarm para desenvolver o Fulldome, um sistema de projeção que pretende resgatar essa sensação.

“Não há um método de imersão mais poderoso do que a projeção de um planetário. No cinema, você olha para os lados e ainda enxerga pessoas. A magia se perde. No domo, a imagem ocupa todo o campo de visão. Não é possível escapar dela”, afirma Alexis Anastasiou, sócio e diretor artístico da produtora Visualfarm, formada por artistas, designers, VJs e engenheiros de projeção.

Instalado no início de abril para testes em um cinema abandonado no centro de São Paulo, o efeito gerado pelo Fulldome é hipnotizante. Cinco projetores de última geração projetam uma imagem com resolução melhor que a do full HD. O domo é inflável e pode ser montado em um dia. Tem até 10 metros de altura, com 20 metros de diâmetro e capacidade para 200 pessoas sentadas.

A ideia é oferecer a experiência a empresas e agências de publicidade, além de instituições educacionais. “Temos a intenção de levar o Fulldome para faculdades e escolas, pois é um método bom de engajar alunos em temas complexos, como economia”, afirma Anastasiou. Será a mesma sensação do planetário, mas dentro de uma sala de aula.