Saab anuncia conclusão da venda de 36 caças Gripen ao Brasil

O custo da operação será de US$ 5,42 bilhões e a entrega dos aviões à aeronáutica ocorrerá entre 2019 e 2024

O grupo sueco Saab anunciou nesta segunda-feira que fechou o acordo com o Ministério da Defesa para o desenvolvimento e a produção de 36 caças do modelo Gripen.

O custo da operação será de US$ 5,42 bilhões e a entrega dos aviões à aeronáutica ocorrerá entre 2019 e 2024, informou a Saab. A escolha pelo caça sueco foi feita em dezembro do ano passado, após longo processo de concorrência internacional realizado pelo governo.

O Brasil se une assim a outros países como a própria Suécia, a República Tcheca, a Hungria, a África do Sul e a Tailândia, que também assinaram contratos para receber a nova geração dos Gripen.

O acordo fechado com a Saab prevê também a cooperação industrial para a transferência de tecnologia para a montagem da aeronave durante a próxima década.

“Estamos orgulhosos de estar ao lado do Brasil neste programa importante. Existe uma longa e bem-sucedida história de cooperação industrial entre os dois países. Esse histórico acordo eleva essa parceria a um novo nível”, disse em comunicado o presidente do conselho de administração da Saab, Marcus Wallenberg