Robô da IBM substitui 34 funcionários de empresa no Japão

Funcionário digital vai executar tarefas repetitivas e poupar dinheiro para seguradora

São Paulo – O IBM Watson, que a empresa define como uma plataforma de computação cognitiva, substituiu 34 funcionários de um escritório de seguros no Japão, de acordo com o jornal local The Mainichi.

Esse robô funciona como um software de análise de dados com inteligência artificial, que ajuda gestores a tomarem decisões, entre outras centenas de funções. Essencialmente, ele “pensa” como um ser humano e consegue interpretar textos, áudios, imagens e vídeos, mesmo que eles não estejam estruturados.

O Watson vai começar a atuar neste mês na Fukoku Mutual Life Insurance Company lendo documentos médicos e determinando pagamentos com base em ferimentos, históricos e procedimentos médicos.

O investimento inicial da operação é de 1,7 milhão de dólares, com manutenção anual de 128 mil dólares. A empresa espera poupar 1,1 milhão de dólares por ano com o uso do IBM Watson. A Fukoku Mutual Life Insurance Company também utiliza a inteligência artificial para analisar ligações para seu call center, identificando a linguagem dos clientes entre positiva e negativa.

O Watson ficou conhecido em 2011, ao vencer humanos em um programa de perguntas e respostas na TV, o Jeopardy. Essa tecnologia da IBM aprende conforme analisa informações e ajuda empresas a reduzir custos e melhorar o atendimento aos clientes.

Um exemplo de atuação no Brasil é no banco Bradesco. O Watson aprendeu o nosso idioma e a companhia ensinou o sistema a responder mais de 50 mil perguntas dos funcionários sobre suas rotinas de trabalho.

O Fórum Econômico Mundial prevê que a inteligência artificial pode eliminar mais de 7 milhões de empregos nas 15 maiores economias nos próximos anos. Enquanto essas plataformas realizam trabalhos repetitivos, humanos podem ter mais tempo livre para executar tarefas que exigem mais “humanidade”.

Diversos aplicativos para smartphones também utilizam o Watson, como o Nutrino, o Record e o MeCasei

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Gustavo Woltmann

    É o futuro chegando rápido, inevitável. E eu aqui pensando que já tem tanta gente sem trabalho, imagina quando esse tipo de robô for comum por essas bandas

    1. Joao Siqueira

      Ainda veremos os veículos autônomos uqe o UBER já utiliza, quantos empregos deixarão de existir só com isso. O grande comedor de empregos é a tecnologia e ainda culpam imigrantes. A verdade é que tecnologia não compra o que ela produz.

  2. Sr. Ideologia

    Usem os robôs no lugar dos políticos brasileiros. Esses vermes não servem pra nada mesmo.

    1. Joao Ricardo

      Cara, isso seria o máximo. Robos no lugar de políticos incompetentes e desonestos.
      Quem sabe não é a solução para esse país chamado Brasil dominado por ladroes de gravata e tb de salto alto agora.

  3. Fuad Jorge Alves José

    Olha aí a inteligência artificial substituindo o homo-sapiens-sapiens. Eles dizem que a empresa espera poupar 1,1 milhão de dólares por ano e os robots farão o trabalho cansativo para os homens se dedicarem a “atividades pensantes”. Me engana que eu gosto !!! O exercício da plutocracia pressupõe o controle total do rebanho e em toda a história da nossa experiência genética, as “atividades pensantes” sempre foram restritas aos membros da elite dominante. Fiquem espertos !!! Tudo que os executivos do “mundo dos negócios” desejam dispor é de funcionários eficientes, que não comam nada e nem muito menos reclamem.

    1. Joao Siqueira

      Seu raciocínio tem falhas, pense adiante, não fique onde o emprego deixa de existir.

    2. Eduardo Contro

      Exatamente por pensamentos desse nível e de esquerdistas nojentos é que a tecnologia dominara o Brasil bem rápido. Ninguém aguenta mais essa mentalidade nojenta

  4. Ayres Sallada

    REFUTANDO O ARTIGO: Esse projeto de robo empregou mais de 3 mil pessoas…

    1. Gláucio Dias

      Empregou, mas apenas durante um tempo.

  5. Luís Guilhermino

    Ah que ódio que dá ligar nesse atendimento do Bradesco….

    1. Gláucio Dias

      Troque de banco, pegando um que emprega pessoas

  6. Silas Silva Ferreira

    – Como no Filme Os Tempos Modernos de Charles Chaplin. Em uma cena do Filme ele literalmente e engolindo pela engrenagem da maquina, sendo assim, no filme a (critica) era que o ser humano seria superado pelas maquinas cada vez mais (eficientes) e com o custos cada vez mais (baixo), essa e a nova realidade do mercado, a Revolucao 4 ponto 0.

  7. Guido Schierholt

    Alguns anos atrás era ficção, hoje realidade, e já se sabia que esse dia chegaria, assim como muitas profissões foram extintas e muitas outras serão. E tem muitas pessoas esperado pra ver o que vai acontecer e algumas fazendo acontecer. E você está fazendo o que? Não sabe o que fazer?
    A sua empresa é uma das que cresceu 200% em 2016? Não? Quer fazer parte deste crescimento? Então veja mais em: http://www.sistemawinner.com.br/guischi

  8. Terence Neves

    Essa é a revolução 4.0 ou quarta revolução industrial.
    Não faz diferença ser de esquerda ou direita.
    Se vc tem um emprego que pode ser ocupado por um robô, vc será substituído.
    Motoristas, escriturários, advogados…