Os 10 melhores smartphones lançados no Brasil em 2016

Veja quais foram os melhores celulares do ano, de acordo com nossos testes

São Paulo – O ano de 2016 não teve tantos lançamentos de novos smartphones quanto o de 2015. O mercado começa a apresentar sinais de maturidade, com a consultoria IDC reportando que o segmento passou o primeiro semestre em queda até a retomada do crescimento no terceiro trimestre.

As empresas se destacaram ao longo deste ano com produtos que têm recursos inovadores, prodígios de design ou que inovam por levar smartphones com o melhor da tecnologia pelo mínimo preço viável.

Foi neste ano que vimos a popularização dos aparelhos com leitores de impressões digitais e uma grande melhoria de qualidade das câmeras frontais. Todos os smartphones listados abaixo têm sensores dianteiros de, ao menos, de 5 MP.

A performance dos aparelhos também deixou de ser um produto. Eles têm ao menos 2 GB de memória RAM e processadores que conseguem dar conta de, praticamente, todos os aplicativos disponíveis nas lojas virtuais App Store e Google Play Store.

Dois produtos lançados no final deste ano conseguiram feitos inéditos: o Galaxy A9 e o Moto Z Play têm baterias de longa duração, superando todos os demais concorrentes.

Confira a seleção dos melhores smartphones do ano de EXAME.com, de acordo com os testes do INFOlab.

1 – iPhone 7 Plus/Galaxy S7 edge

iphone-7-plus-galaxy-s7-edge

(Exame.com/Samsung/Reprodução)

O iPhone 7 Plus é o melhor smartphone disponível hoje com sistema iOS, enquanto o Galaxy S7 edge é rei entre os dispositivos que rodam Android.

O gadget da Apple é o primeiro a vir com duas câmeras na parte traseira, que permitem capturar fotos com distâncias focais distintas. Isso implica que você consegue fotografar objetos próximos ou distantes com a mesma qualidade, sem sofrer a perda de definição ocasionada pelo zoom digital.

Já o smartphone da Samsung reúne o máximo de sensores (impressão digital e batimentos cardíacos), um conjunto excelente de câmeras (frontal e traseira) e oferece suporte ao sistema de pagamentos com celular Samsung Pay, aceito em diversos estabelecimentos em todo o país.

2 – Moto Z Play

smartphone-moto-z-play

(Lucas Agrela/EXAME.com)

O Moto Z Play conquistou o segundo lugar do ranking graças ao seu belo design e à sua surpreendentemente longa duração de bateria. O aparelho conta ainda com uma versão pouco modificada do sistema Android e tem leitor de impressões digitais para desbloqueio de tela.

3 – Galaxy A9

Foto do smartphone Samsung Galaxy A9

(Lucas Agrela/EXAME.com)

Um pouco mais caro, o Galaxy A9, da Samsung, é a melhor opção para quem está atrás de dois itens cruciais em qualquer smartphone: longa duração de bateria e ótimas câmeras. O A9 é o campeão isolado no quesito bateria. Ele suportou mais de 23 horas de reprodução contínua de vídeos na Netflix, enquanto muitos aparelhos desta lista conseguiram apenas 10 horas ou menos sob as mesmas condições.

4 – iPhone SE

iPhone SE

Posicionando o produto em um segmento abandonado, a Apple conseguiu facilmente criar o melhor – talvez o único bom – smartphone com tela de 4 polegadas. Ele tem configuração de hardware semelhante à do iPhone 6s e o melhor recurso que a Apple lançou nos últimos anos: as fotos vivas (pequenos vídeos capturados automaticamente no ato do clique da foto).

5 – Moto Z

Moto Z: aparelho é o primeiro do país a receber nova versão do Android

O Moto Z é um smartphone peculiar. Ele é o mais fino à venda no Brasil, com apenas 5,2 milímetros de espessura. Porém, ele tem suporte aos acessórios modulares, chamados Snaps. Eles amplificam as funções do produto, como a duração da bateria ou a capacidade da câmera. Há, por exemplo, um Snap da Hasselblad que dá ao produto a possibilidade de fotografar com zoom óptico, o que permite aproximar muito a imagem sem perder qualidade.

6 – Moto G4 Plus

Smartphone motog4 plus

Este foi o primeiro smartphone da linha Moto a contar com o sensor de impressões digitais, posteriormente levado a outros modelos dessa família. Ele tem ainda câmera com foco a laser, o que permite registrar fotos melhores sob condições de iluminação não muito favoráveis.

7 – Zenfone 3

Zenfone 3: gadget concorre com o Moto Z Play, da Lenovo

A Asus mostrou que não está de brincadeira no mercado de smartphones ao lançar o Zenfone 3 neste ano. O aparelho tem visual refinado, com revestimento de vidro na parte traseira, sensor de impressões digitais e uma ótima relação custo-benefício, visto que o produto tem versão com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno por menos de 2 mil reais.

8 – Xperia X

smartphone-xperia-x

O ano da Sony no Brasil não foi fácil. A empresa reduziu a equipe de celulares e deixou de fabricar os produtos no país. Ainda assim, o Xperia X é um smartphone com visual elegante – sem dúvidas, o melhor já feito pela fabricante – e oferece recursos como o sensor de digitais, um processador hexa-core e 64 GB de armazenamento.  

9 – Quantum Fly

Smartphone Quantum Fly

O Fly é o melhor smartphone de uma marca brasileira, a Quantum, mantida pela Positivo Informática. O aparelho tem processador de dez núcleos da MediaTek, 32 GB de armazenamento e Android praticamente livre de alterações, com preço abaixo dos 1.500 reais.

10 – LG G5 SE

smartphone-lg-g5-se

O G5 SE é o smartphone topo de linha da LG. A aposta da empresa foi na modularidade, ou seja, junto com o aparelho, são vendidos módulos especiais para ele, que servem para amplificar suas funções. Entre eles, há uma câmera 360 graus e outra câmera com zoom óptico. Fora isso, dele se destaca por ser um aparelho com revestimento de metal que mantém a característica da marca: a possibilidade de remover e substituir facilmente a bateria.   

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carla Neris S De Souza

    Oi

  2. Nehemias F de Lima Junior

    Kkkk que post lixo! Desde quando o Moto z é o Moto G 4 é melhor que o zenfone 3.
    Antes de postarem pra influenciar os leigos pelo menos postem a ficha técnica de cada smartphone que assim quem não entende vai vê qual aparelho é o melhor de verdade.
    Post manipulado e cheio de marketing.

    1. Sidney Costa

      Infundada sua critica.

      O Zenfone ai anunciado é o Zenfone 3, em sua versão normal em seu preço de menos de R$2.000,00, sem ser a Deluxe que custa R$4.890,00. A propria Asus fala que ele veio pra competir com o Sansung A7, Moto Z Playe do Iphone 6. Ele é inferior e não compete com o Moto Z, muito menos o Moto Z Force, que não deu as caras no brasil.

      Vou especificar os dados do Zenfone ai eleito, o Moto G 4Plus e o Moto Z.
      O Zenfone ai listado compete diretamente com o Moto G4 Plus, com chipset da mesma família, a família 600. Ele vem com o Qualcomm MSM8953 Snapdragon 625 e uma GPU Adreno 506, e no Moto G4 Plus temos um Qualcomm MSM8952 Snapdragon 617 e GPU Adreno 405. O Moto Z traz o Qualcomm MSM8996 Snapdragon 820 com sua GPU Adreno 530
      . Vitoria do Moto Z.

      Armazenamento: Zenfone com seus 64 GB de ROM e 4GB de RAM. G 4 Plus com seus 32 GB de ROM e 2 GB de RAM. Empate tecnico com o Moto Z com seus 64 ROM e 4GB de RAM.
      Em se tratando de tela, o Moto Z ganha novamente: Vem com a tela AMOLED e 1440 x 2560 pixels (~535 ppi pixel density) (ou seja é uma tela 2k), no seu primo menor temos uma tela IPS LCD com resolução de 1080 x 1920 pixels (~401 ppi pixel density). Por fim o Zenfone traz em tela uma Super IPS+ com resolução de 1080 x 1920 pixels (~424 ppi pixel density). Fecha em segundo lugar.

      Em camera principal o Zenfone traz os seguintes dados: 16 MP, f/2.0, laser/phase detection autofocus, OIS (4-axis), dual-LED (dual tone) flash. Pro Moto G 4 Plus, empate: 16 MP, f/2.0, phase detection & laser autofocus, dual-LED (dual tone) flash. Vitoria do Moto Z devido ao 1.8 que permite passagem de masi luz em sua fotos. So erde pro Sansung Galaxy 7 Edge com seus 1.7. Vamos aos seus dados: 13 MP, f/1.8, laser autofocus, OIS, dual-LED (dual tone) flash.

      Em bateria Temos um empate como Moto Z e Zenfone 3. 2600 mAh. O Campeão sai o Moto G 4 plus com pequena vantagem, mas significativa no dia a dia, e seus 3000 mAh.

      Agora mesmo se fizermos uma comparação mais justa, entre o ASUS Zenfone 3 Deluxe e o Moto Z, a sim em números a superioridade do Zenfone ante ao Motorola. Mas isso tecnicamente, pois na pratica, os dois tem desempenho similar, e software mais proximo do android puro deixa pontos pro Moto.

      No Zenfone 3 Deluxe temos:
      tela Super AMOLED, com resolução de 1080 x 1920 pixels (~386 ppi pixel density).
      No Moto Z: Super AMOLED e resolução de 1440 x 2560 pixels (~535 ppi pixel density) ou seja tela 2k, imagem melhor no Moto Z.

      Processador. Zenfone : Qualcomm MSM8996 Snapdragon 821 rodando um Quad-core (2×2.4 GHz Kryo & 2×2.0 GHz Kryo) e GPU Adreno 530.
      No Moto Z, logo atrastemos: Qualcomm MSM8996 Snapdragon 820 rodando a Quad-core (2×2.15 GHz Kryo & 2×1.6 GHz Kryo) e GPU Adreno 530

      Memoria e Armazenamento:
      Zenfone: 256 GB, 6 GB RAM.
      Moto Z: 64 GB, 4GB RAM. aqu sim há uma diferença grande, ponto pro Zenfone.

      A câmera do Zenfone traz mais pixels, mas a do Z ganha devido a menor abertura do Foco, perdendo pro Sansung 7 EDGE.
      Zenfone 3 Deluxe: 23 MP, f/2.0, laser/phase detection autofocus, OIS (4-axis), dual-LED (dual tone) flash.
      Moto Z: 13 MP, f/1.8, laser autofocus, OIS, dual-LED (dual tone) flash.

      NA selfi sim, temos uma vantagem pro Zenfone: 8 MP, f/2.0, 1080p.
      Moto Z: 5 MP, f/2.2, 1.4 µm pixel size, LED flash, 1080p.

      Mas mesmo assim, o valor absurdo do Zenfone beirando casa dos 5k, faz que essa pequena vantagem em alguns pontos, deixem ele literalmente menos competitivos. O Moto Z já é encontrando por menos de 3K.

      E pra enterrar de vez o Zenfone 3 Deluxe, temos no Moto Z e Moto Z Play os snap. Eu mesmo tenho o De bateria e o de Insta Share Projector. Posso projetar filmes, imagens em uma parede com ate 70 polegadas em uma resolução de 480p, que passa facilmente por HD 720. A modularidade é algo realmente interessante. Temos hoje 4snap, e ja foi garantido pela Lenovo a partir de 2017 12 novos snaps por ano. Sem falar que ele ja sera um dos primeiros com um modem 5G, ja esta em desenvolvimento, e um snap pra essa função permite navegar na próxima tecnologia sem trocar de aparelho. No Brasil a rede 4.5G ,a intermediaria da 5G já esta em teste em Anápolis – GO com a Claro. O G já começa a ser testado nos EUA em uma parceria da Motorola e a Verizon Wireless já no inicio do próximo ano.

    2. Adriano Torre

      Sidney Costa, quando você juntar todos os snaps você terá gastado dinheiro de comprar uma moto, então logo isso não seja vantagem para opção de escolher o aparelho.

  3. Adriano Torre

    Que post ridículo, de onde Android puro seja uma vantagem? Android puro ou modificado é uma questão de gosto, e desde quando só a abertura da câmera faz ela ser melhor? Se fosse assim as maioria das câmeras digitais seriam mais fraca que as dos smartphones, e outra, zenfone 3 deluxe é o melhor aparelho aqui no Brasil, as características mostram isso, é o melhor a ser comprado? Claro que não, ele é caro demais.