Nvidia lança chip Tegra 3 com quatro núcleos

Processador é o primeiro baseado na arquitetura ARM (para dispositivos móveis) a fornecer quatro núcleos de processamento

São Paulo – A Nvidia anunciou hoje detalhes de seu novo processador Tegra 3, que chega com a promessa de possuir até três vezes mais poder gráfico que seu antecessor.

Apresentado no início do ano sob o codinome Kal-El, o novo Tegra 3 é o primeiro processador baseado na arquitetura ARM (para dispositivos móveis) a fornecer quatro núcleos de processamento.

De acordo com a Nvidia, o Tegra 3 é cinco vezes mais rápido que o antecessor (Tegra 2), quatro vezes mais rápido para navegação web e três vezes mais rápido para gráficos devido ao uso da GPU GeForce de 12 núcleos. Esta GPU também suporta a tecnologia 3D.

O chip irá utilizar 61% menos energia, segundo a Nvidia. Isto ocorre devido a um quinto núcleo que é ativado para determinadas tarefas (como máquina em standby ou em modo econômico), deixando os outros quatro núcleos desligados.


Além disso, um processo de 40nm emprega duas diferentes classes de silício: uma mais voltada para atividades de baixa voltagem e outra para tarefas que utilizam mais energia. Enquanto os quatro núcleos principais trabalham com clock de 1,4 GHz, o quinto núcleo atinge no máximo 500 MHz.

Como resultado, segundo a Nvidia, um dispositivo com o Tegra 3 que rodar um vídeo de alta definição (1080p) poderá fazê-lo durante 12 horas consecutivas.

O processador Tegra 3 está em fase final de produção e o primeiro aparelho a tê-lo embarcado será o tablet Eee Pad Transformer Prime, da Asustek, que deve chegar ao mercado no início de 2012. Porém, Jen-Hsun Huang, CEO da Nvidia, afirmou que a empresa pretende antecipar o lançamento do Tegra 3 para smartphones e tablets até o final deste ano.

Assista: