Novo Nissan Leaf 2018 não tem pedal de freio

Nova versão do carro elétrico da Nissan traz função de piloto automático e pedal único que une diferentes funções

São Paulo – Para os fãs de carros elétricos, a maior novidade da semana é o novo Leaf 2018, da Nissan.

Lançado em 2010, o Leaf é, atualmente, o carro 100% elétrico mais vendido do mundo.

O novo modelo traz design mais inspirado e mudanças significativas no sistema elétrico. A ideia é competir com o Chevy Bolt e o Tesla Model 3.

A principal novidade é o que a Nissan chama de e-Pedal. Esse pedal é um acelerador, mas que também obedece aos comandos para desacelerar, brecar e segurar o carro.

Nas palavras da marca, ele é “revolucionário”.

Outra novidade em termos de tecnologia é o ProPilot, que permite uma condução autônoma em estradas, mantendo o carro na faixa e acompanhando a velocidade do carro da frente.

Mas o piloto automático não permite fazer ultrapassagens e acessos de vias de modo autônomo. Isso ainda será tarefa do motorista.

Bateria

Segundo a Nissan, agora o Leaf tem uma bateria de 40 kWh, o que promove autonomia de quase 400km. O antigo modelo do carro tinha bateria de 30 kWh e autonomia menor.

Em comparação com sua versão anterior, o Leaf 2018 tem 40% mais alcance e é 37% mais potente.

Para recarregar a bateria do carro são necessárias 16 horas em tomadas de 3kW e  8 horas em tomadas de 6kW.

Vendas

Em outubro, as vendas do Leaf começam no Japão.

Até o fim de 2017, chega ao mercado americano e canadense. Em 2018, é a vez da Europa.

Confira as imagens:

Nissan Leaf 2018

Nissan Leaf 2018 (Nissan/Divulgação)

Nissan Leaf 2018

Nissan Leaf 2018 (Nissan/Divulgação)

Nissan Leaf 2018

Nissan Leaf 2018 (Nissan/Divulgação)

Nissan Leaf 2018

Nissan Leaf 2018 (Nissan/Divulgação)

Nissan Leaf 2018

Nissan Leaf 2018 (Nissan/Divulgação)