Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,67 0,13%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,05% 63.227 pts
Pontos 63.227
Variação -0,05%
Maior Alta 22,54% JBSS3
Maior Baixa -4,09% CYRE3
Última atualização 25/05/2017 - 17:21 FONTE

Novo MacBook Pro pode perder suas portas USB

A nova geração do notebook topo de linha da Apple deve ter o visual todo repaginado e pode perder suas portas USB

São Paulo – A entrada USB promete ser a próxima “vítima” da Apple. Após retirar a tradicional entrada para fones de ouvido do iPhone 7, a empresa pode remover todas as portas USB tradicionais do próximo MacBook Pro. As informações são do site de tecnologia japonês Macotakara.

A nova geração do MacBook Pro deve ser anunciada pela Apple na semana que vem. Como a empresa não atualiza o notebook desde 2013, muitos especialistas esperam que o novo produto tenha um visual revolucionário. Por isso, o rumor sobre a retirada dessas portas não é descabido.

Caso essa informação se mostre correta, os novos MacBooks Pro terão apenas entradas USB-C, que são mais velozes e já são encontradas no MacBook de 12 polegadas (que conta com apenas uma porta desse tipo). O problema disso é que a maioria dos acessórios ainda não se conecta a partir da porta USB-C. Assim, os proprietários dos produtos da Apple terão que usar adaptadores ou adquirir cabos com essa entrada.

Além da retirada do USB tradicional, outras mudanças drásticas são esperadas para o MacBook Pro. Mark Gurman, da Bloomberg, disse recentemente que a nova versão do notebook deve ter tela OLED e um leitor de impressões digitais similar ao do iPhone. Ele também prevê que o novo MacBook Pro venha com uma segunda tela acima do teclado, que substituirá algumas das funções do acessório.

O site japonês também informou que a Apple planeja descontinuar o MacBook de 11 polegadas e deve lançar um modelo de 13,3 polegadas em breve.

É importante notar que todas essas informações são apenas rumores. Só saberemos dos planos da Apple quando ela revelar em seu evento. Porém, o Macotakara é conhecido por acertar previsões e foi um dos primeiros a afirmar que o iPhone 7 viria sem a entrada para fones de ouvido.