Novo Gmail e app para iPhone com bug desagradam a usuários

Obrigado a retirar seu aplicativo para iPhone da App Store por causa de um bug, o Google ainda vem sendo criticado pelas mudanças no Gmail por parte dos usuários

São Paulo — O Google estreou, na terça-feira, um novo layout no Gmail. A nova versão do serviço de webmail permite ver as mensagens numa lista mais espaçada e traz um aspecto renovado. Mas nem todos os usuários gostaram e críticas têm circulado no Twitter. A empresa também foi obrigada a remover da App Store, por causa de um bug, seu recém anunciado aplicativo do Gmail para iPhone e iPad.

O novo layout do Gmail é, por enquanto, opcional. Para vê-lo, é preciso clicar num link no canto inferior direito. Mas o Google avisa que todos os usuários receberão a atualização em breve. A nova versão se adapta melhor a diferentes tamanhos de janela. Por meio de um menu no canto superior direito, o usuário pode escolher três opções de espaçamento entre as mensagens. 

Quando uma conversa é aberta, o Gmail mostra fotos dos remetentes ao lado do assunto. A ideia do Google é permitir uma identificação mais imediata do autor de cada mensagem na conversa. O menu horizontal acima da área de mensagens foi simplificado e agora é contextual. Ele exibe mais botões quando há mensagens selecionadas.

Auto-ajuste

Na coluna esquerda, a opção para acionar a lista de tarefas agora fica escondida num pequeno menu. Mas a mudança mais visível nessa coluna está na divisão entre as áreas de correio e bate-papo. Quando o cursor é posicionado sobre uma dessas áreas, ela cresce automaticamente para que mais itens fiquem visíveis (e a outra área diminui). O usuário também pode arrastar a linha que separa essas duas áreas com o mouse.


O Google também aperfeiçoou o recurso de busca de mensagens. Agora, clicando-se numa setinha à direita do campo de pesquisa, abre-se uma caixa com mais opções. Elas permitem criar um filtro para ver apenas as mensagens que atendem a determinados critérios. Para completar, o Google liberou novos temas que permitem personalizar o Gmail com cores e imagens de fundo.

As mudanças mantêm os mesmos recursos que eram encontrados no Gmail e suas características mais importantes, como o agrupamento de mensagens em conversas. Mesmo assim, há quem tenha estranhado. Uma busca com o nome Gmail no Twitter revela alguns elogios e muitas críticas. Para quem odiou o novo Reader, o Gmail vai ficar com aquele layout também. Corram para as montanhas!, escreveu uma usuária. Várias pessoas dizem ter voltado ao layout antigo por não terem gostado da mudança. 

Aplicativo

O Google também liberou, nesta semana, um novo aplicativo para acesso ao Gmail no iPhone e no iPad. Ele aproveita melhor a tela sensível ao toque desses dispositivos da Apple. Mas o programa tinha um bug que causava falhas no sistema de notificações. Quando o app era acionado, o usuário recebia uma mensagem de erro. O Google retirou o novo aplicativo da App Store para consertá-lo e promete liberar a versão corrigida assim que ela estiver disponível.

Abaixo, um vídeo (em inglês) em que o Google apresenta as novidades do Gmail.