São Paulo - O YouTube planeja lançar um serviço de música sob demanda, com foco nos usuários de dispositivos móveis, segundo informações da Billboard.

Assim como atua o Spotify, o serviço do YouTube daria aos usuários a opção de assistir vídeos musicais gratuitamente com a inserção de anúncios, ou sem publicidade por meio de uma mensalidade de US$ 10.

Ambas as versões, no entanto, permitiriam o acesso ilimitado às músicas no YouTube. Mas o serviço “premium” traria a possibilidade de transmitir álbuns musicais completos e escutar músicas offline.

O serviço também poderia ser integrado a outros produtos do Google no futuro, como os óculos Google Glass.

O lançamento não tem uma data ainda, mas o YouTube deve pegar carona no mercado de música por assinatura que vem crescendo com serviços como Spotify, Deezer, Rdio, Napster, Last.fm, entre outros.

Por meio de um comunicado a Billboard, o YouTube não quis comentar seus planos sobre um possível serviço.

“Nós estamos sempre trabalhando em novas e melhores formas das pessoas curtirem os conteúdos do YouTube entre diversos dispositivos, bem como também dando oportunidades para nossos parceiros chegarem aos seus fãs. No entanto, nós não temos nada para anunciar neste momento”, se limitou a dizer a empresa.

Tópicos: Indústria da música, Arte, Música, Entretenimento, Tecnologias sem fio, Vídeos, YouTube, Google, Empresas de tecnologia, Empresas de internet