Nova York - O Google, proprietário do site de vídeos YouTube, tem mantido conversas para permitir que criadores de vídeos cobrem os espectadores por acessarem o conteúdo, disseram fontes familiarizadas com as negociações.

Segundo as fontes, a decisão deve ser anunciada ainda este ano.

A iniciativa, relatada pelo Ad Age, pode assumir várias formas, disseram as fontes.

Em um cenário, os criadores de vídeo abrirão novos canais no Youtube e cobrarão uma taxa de inscrição. Em outros modelos possíveis, os criadores cobrarão uma taxa dos espectadores que quiserem obter acesso antecipado aos vídeos.

Com a iniciativa, o YouTube também espera que os proprietários de TV a cabo optem por transferir seu conteúdo para o site de vídeos, declararam as fontes.

As novas taxas de assinatura também seriam compartilhadas entre o YouTube e os criadores de conteúdo.

As informações são da Dow Jones.

Tópicos: Google, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Vídeo, YouTube