São Paulo –  O aplicativo de mensagens gratuitas WhatsApp foi adotado como método de entrega de intimações pela Vara do Trabalho de Plácido de Castro, que fica a 92 KM de Rio Branco, capital do Acre.

As notificações judiciais que são normalmente enviadas por WhatsApp são referentes a recebimento de créditos.

Em 15 dias, 35 mensagens foram entregues com sucesso por meio do aplicativo. O serviço de mensagens tem anuidade de 1 dólar.

A adoção do app gera uma economia de 6 reais por mensagem e também reduz o tempo de entrega, que é de cinco dias em média, para um.

"Este meio, o WhatsApp, conhecido da imensa maioria das partes, é a forma mais célere de interação entre a Vara do Trabalho e os envolvidos, que confirmam o recebimento das mensagens instantaneamente", de acordo com o diretor de Secretaria, Washigton da Silva Vilela.

Além dos tiques duplos de visualização de mensagens, o destinatário envia uma confirmação de recebimento, como número de RG ou CPF, endereço ou filiação.

Justiça e WhatsApp

Neste mês, o aplicativo WhatsApp foi bloqueado por 12 horas em todo o território brasileiro, o que afetou também usuários na Argentina e Chile. O motivo foi um processo judicial, que solicitava dados ao Facebook, dono do WhatsApp, que não foram entregues.

Com a determinação, os mais de 100 milhões de usuários do app no Brasil (quase 10% do total) tiveram que recorrer a apps similares, como o Telegram, ou se arriscaram usando um app gratuito de VPN.

Tópicos: Acre, Cidades brasileiras, WhatsApp