São Paulo – Se você usa muito o WhatsApp e também dirige, um novo sistema automotivo do Google vai te ajudar a conduzir com mais segurança. Chamado Android Auto, ele pode ler mensagens em voz alta para o usuário e permite que as respostas sejam enviadas por voz. 

As mensagens do WhatsApp são exibidas como no smartphone, ou seja, uma notificação aparece no topo da tela, em qualquer ponto do sistema. No entanto, a mensagem não pode ser lida da maneira convencional – uma medida de segurança, de acordo com a empresa. Ao tocar na notificação, a voz robótica do Google, que também está no Google Tradutor, lê o conteúdo em voz alta.

Para utilizar o Android Auto, é preciso conectar ao seu smartphone Android um cabo que, ao mesmo tempo, permite a integração com o sistema automotivo e recarrega o seu aparelho.  

Reprodução/Google

Android Auto

Android Auto; sistema exibe mensagens do WhatsApp e as lê em voz alta para o usuário

Trocar mensagens de texto no WhatsApp não é a única função desse sistema automotivo. Como os comandos de voz são essenciais para o funcionamento do Android Auto, é possível, por exemplo, conversar com pessoas por meio de aplicativos como Skype e Hangouts, fazer chamadas telefônicas e solicitar rotas ao Google Maps (ainda não ao Waze, que não tem suporte para o software automotivo). Esta página mostra todos os apps com suporte ao Auto.

Dá também para pedir ao sistema que toque músicas de determinados artistas ou que encontre estabelecimentos, como restaurantes e postos de gasolina, próximos da sua localização atual.  

O aplicativo do Android Auto chegará, de forma gradual, a todos os usuários de smartphones do sistema do Google a partir do mês de abril deste ano. 

O painel com o sistema automotivo da gigante deas buscas poderá vir de fábrica nos seguintes modelos de veículos: Novo Cobalt (Chevrolet); Novo Gol, Novo Voyage, Nova Saveiro, Fox, Crossfox, SpaceFox, SpaceCross, Golf, Jetta, Novo Passat, Tiguan e Fusca (todos da Volkswagen); e novo Accord (Honda).  

Se o seu veículo tem espaço para um dispositivo de sete polegadas no painel, é possível utilizar o Android Auto comprando um aparelho da Pioneer chamado AVIC-F70TV, que sai por 2.799 reais e tem TV digital, além de recursos multimídia tradicionais.  

Mais modelos de veículos com o Android Auto chegarão ao mercado brasileiro ainda este ano. As novidades virão das montadoras Fiat, Ford, Hyundai, Mitusubishi e Suzuki. 

O Android Auto não é o único sistema automotivo conectado a smartphones disponível no mercado. Para uma integração com iPhones, há o CarPlay, da Apple, (e a Pioneer também vende um modelo com esse software). Fora ele, há também o Sync com AppLink, da Ford, que permite a integração com smartphones com sistemas Android ou iOS. 

Tópicos: Google, Android, Carros, Autoindústria, Veículos, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Smartphones, Indústria eletroeletrônica