São Paulo – A Apple anunciou nesta terça-feira (10) os novos modelos de iPhone, o 5C e o 5S. Ambos foram prometidos para o dia 20 de setembro em países como Estados Unidos, Canadá e Alemanha, mas nada foi dito sobre o lançamento deles aqui no Brasil.

A expectativa é de que estejamos entre os 100 países que receberão o aparelho em dezembro, antes do Natal. No entanto, o preço ainda pode ser uma surpresa desagradável, o que faz com que a compra no exterior seja uma boa alternativa para os mais ansiosos – ou econômicos. Mas será que vale a pena?

iPhone 5C

As versões desbloqueadas do iPhone 5C nas opções de 16 GB e 32 GB saem, respectivamente, por 549 e 649 dólares – em torno de 1.284 e 1.518 reais, na cotação de hoje do dólar. Com o contrato com AT&T, Sprint ou Verizon, o valor cai, mas é preciso pagar uma multa para se livrar do acordo, o que torna a compra um péssimo negócio.

De qualquer forma, o preço mais alto convertido de dólares para reais ainda é bem mais barato que o do iPhone 5 no Brasil, cuja versão de 16 GB desbloqueada sai por cerca de 2.300 reais. Mas há um porém na compra internacional: os dois modelos mais novos ultrapassam a cota de 500 dólares. Por isso, para passá-los pela alfândega sem problemas, seria necessário pagar impostos sobre os 50 ou 150 dólares excedentes – o que resultaria em 1.342 reais para a versão de 16 GB e 1.693 reais para a de 32 GB.

iPhone 5S

Quanto ao 5S, a versão de 16 GB sem contrato será lançada nos EUA por 649 dólares. Este é o mesmo preço do iPhone 5 por lá. A opção de 32 GB sairá por 749, e a de 64 GB, por 849. Portanto, eles devem chegar por aqui na mesma faixa atual, de 2.300 (16 GB) a 2.900 reais (64 GB de capacidade de armazenamento).

Seguindo o mesmo raciocínio de “importação com impostos” do 5C, a versão de 16 GB do 5S sairia por cerca de 1.693 reais (ou 1.518 reais sem a taxação). A de 32 GB, por sua vez, chegaria por 2.044 reais (1.752 sem taxação), enquanto a de 64 GB, por 2.395 reais (1.986 sem taxas). Isso, claro, descontados os valores de uma viagem aos Estados Unidos.

A assessoria da Apple no Brasil ainda não tem previsão de preço para os iPhones 5C e 5S. No caso do primeiro, levando em conta os custos de tropicalização e a margem de lucro que somariam cerca de 60%, a versão de 16 GB chegaria por mais ou menos 2.000 reais – o que fugiria da ideia de versão mais popular de iPhone. O que pode acontecer é que o preço da versão de 16 GB seja subsidiado pela própria Apple, talvez para concorrer com o Moto X, da Motorola, que sai por 1.799 reais desbloqueado.

Em suma, comprar um iPhone novo nos Estados Unidos pode valer bem a pena. Além de sair mais barato, o aparelho terá suporte garantido caso dê algum defeito. No entanto, há o fator LTE: os modelos vendidos por lá não serão compatíveis com a frequência da rede brasileira. Os iPhones 5C e os iPhones 5S que funcionam com o 4G brasileiro serão vendidos, por ora, apenas na França, na Alemanha, no Reino Unido, na Austrália, em Hong Kong, na Nova Zelândia e em Singapura. O 3G, pelo menos, deve funcionar sem problemas.

iPhone 5S desbloqueado Não taxado Taxado Estimativa
16 GB R$ 1.518 R$ 1.693 R$ 2.299
32 GB R$ 1.752 R$ 2.044 R$ 2.599
64 GB R$ 1.986 R$ 2.395 R$ 2.899
iPhone 5C desbloqueado Não taxado Taxado Estimativa
16 GB R$ 1.284 R$ 1.342 R$ 1.799
32 GB R$ 1.518 R$ 1.693 R$ 2.099

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, iPhone, Smartphones, Celulares, iPhone e iPad, iPhone 5c, iPhone 5s, Indústria eletroeletrônica